Definidos os confrontos da chave principal do Rio Beach Tennis Tour em Niterói (RJ) Foto: Divulgação

Definidos os confrontos da chave principal do Rio Beach Tennis Tour em Niterói (RJ)

Esporte Sábado, 27 Abril 2019 11:44 tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Foram definidas, na noite desta sexta-feira (26), as chaves principais da Dupla Masculina e Feminina do Profissional na disputa do Rio Beach Tennis Tour. A competição tem entrada gratuita na praia de São Francisco, em Niterói (RJ). A competição conta com 282 atletas de 11 países e dez jogadores no top 10 do masculino e feminino. Além do Brasil o evento tem jogadores da França, Rússia, Alemanha, Chile, Argentina, Venezuela, México, Letônia e África do Sul.

No masculino, os cabeças de chave 1, o russo Nikita Burmakin e o italiano Tomaso Giovannini enfrentam a dupla formada pelos brasileiros Gabriel Spindola e Antonio Tremura. O baiano Tremura foi campeão em Niterói na categoria sub 18 em 2017 e é um dos nomes da jovem geração do Beach Tennis nacional. Burmakin joga pela volta ao topo do ranking, que perdeu no mês passado para o espanhol Antomi Ramos. A dupla do russo e do italiano está no mesmo lado dos santistas Thales Santos e Marcus Ferreira para possível semifinal. Thales e Marcus, que deram o ponto decisivo do título Mundial por equipes do Brasil em Moscou ano passado, pegam Guilherme Prata e Bruno Falcão na estreia.

Vinicius Font, ex-número 1 do mundo e atual 12º e primeiro do Brasil, forma a dupla cabeça de chave 5 com o catarinense André Baran. Os dois, que vêm de título em Curitiba (PR), enfrentam o gaúcho Vinicius Chaparro e o carioca João Lauro Carneiro. Os campeões europeus, os franceses Theo Irigaray e Mathieu Guegano enfrentam os brasileiros Gabriel Figueira e Diogo Pedroso.

Cabeças de chave 2, os italianos Luca Cramarossa e Mikael Alessi, quinto e sexto do mundo, encaram os brasileiros Bruno Picoli e João Morais. Cramarossa foi número 1 do mundo e campeão nas areias de Niterói em 2017 e Alessi é o atual campeão mundial.

O niteroiense Ralff Abreu e o carioca Diogo Carneiro foram a sexta principal dupla do torneio e enfrentam os capixabas Evandro Rosindo e Álvaro Campanharo. Eles foram os vice-campeões em Niterói há dois anos.

No feminino as favoritas são a dupla da brasileira Rafaella Miiller e da alemã Maraike Biglmaier. A número 4 e 5 do mundo respectivamente enfrentam a dupla vencedora do duelo entre as argentinas Belen Tejera e Ailin Wirth e a dupla formada pelas brasileiras Caroline Gurgel e Juliana Melo a partir das 12h30 deste sábado. Para uma possível semifinal, Maraike e Rafa podem enfrentar a dupla cabeça de chave 4 formada pelas italianas Nicole Nobile, sétima colocada, e Veronica Casadei. Joana Cortez, oitava do mundo, e Marcela Vita, 11ª, esperam pelas vencedoras do duelo entre a chilena Sofia Marambio e a argentina Eliane Branco e a dupla formada pelas russas Daria Zheludchenko e Elena Koval.

O primeiro dia será das primeiras rodadas com as semifinais acontecendo a partir das 9h de domingo com as finais marcadas para às 14h no feminino e 15h30 no masculino.

O sábado marca o começo das chaves amadoras de Dupla Masculina e Feminina A (Avançado), B (Intermediário) e C (Iniciante) com finais programadas também para o domingo.

Duplas brasileiras buscam o título do torneio ITF US$ 0 no domingo

Por conta da falta de luz natural e longos jogos, a decisão tanto no masculino profissional e feminino do torneio ITF US$ 0 foram adiadas para domingo, a partir das 8h, e o Brasil garantiu o troféu no masculino e vai com uma dupla para a decisão entre as mulheres.

Em semifinais emocionantes, a dupla das cariocas Nathália Costa e Paula Cortez superaram as russas favoritas Ekaterina Glazkova/Veronika Pershina por 4/6 6/4 7/6 (7/2) e decidem o troféu contra a venezuelana Maria Ceballos e a argentina Jessica Orselli que derrotaram as brasileiras Sofia Kelbert/Isadora Simões por 6/4 6/2. "Foi um jogo intenso, de alto nível, as russas ganharam o primeiroset, colocaram 4/1 no segundo e depois o mesmo no terceiro e vencemos no terceiro. Foi um jogo de muito emocional, de muita fibra, experiência, a torcida ajudou demais, graças a eles viramos, agora é o foco para a final e o torneio ITF US$ 3 mil", destacou Nathália.

No masculino, os cariocas Luiz Gimpel e Kuteer Vollmer viraram batalha contra o catarinense Felipe Poffo e o campineiro Ricardo Barone por 4/6 6/4 7/6 (8/6). "Quase deixamos escapar uma vitóriaque estava bem certa, abrimos 5/1, eles viraram 6/5,mas mantivemos a tranquilidade para fechar só no terceiro match-point. Teremos uma final duríssima, enfrentei eles (com o parceiro João Lauro Carneiro) duas vezes em Punta del Este, no Uruguai, venci uma, perdi outra, é uma dupla que joga muito bem, é entrosada e precisamos estar focados do primeiro ao último ponto".

As duplas campeãs do ITF US$ 0 vão somar 10 pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Tênis.

A competição também é importante aos atletas do estado do Rio de Janeiro. Será a primeira etapa onde os jogadores de todas as categorias no profissional e no amador vão somar pontos na busca por representar o estado na Copa das Federações que será jogada em outubro, evento organizado pela Confederação Brasileira de Tênis.

Clima tempo

TURISMO MARICÁ

Arrow
Arrow
Slider

©2017 Todos os direitos reservados - Maricá Errejota.
Criado por NetartBR