Dia de pânico em Niterói Foto: Marcello Almo / Jornal A Tribuna RJ

Dia de pânico em Niterói

Geral Segunda, 12 Agosto 2019 21:36 tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Esta segunda-feira (12) foi de pavor e pânico para os moradores de Niterói. Operações da Polícia Militar que visavam a repressão ao tráfico de drogas em comunidades de Niterói e São Gonçalo fizeram com que os niteroienses ficassem no meio do fogo cruzado desde as primeiras horas da manhã.

Na Estrada da Garganta, por exemplo, passageiros que estavam em um coletivo da da linha 40 (Maceió x Largo da Batalha) passaram por momentos de terror, já que ficaram na linha do tiro enquanto policiais trocavam tiros com bandidos das regiões da Igrejinha e do Chiqueirinho (vídeo acima). Quem estava no ônibus precisou ficar abaixado para não ser atingido por um disparo. O trânsito chegou a ficar parcialmente interrompido por conta do fogo cruzado.

Três suspeitos chegaram a ser baleados durante confronto com policiais em um dos acessos à comunidade da Igrejinha. Um morreu no local, enquanto outros dois conseguiram fugir a pé em direção à comunidade. Um fuzil AK-47, um rádio transmissor e drogas foram apreendidos no carro em que os três foram baleados. O veículo era clonado e utilizava placas e chassi de outro automóvel de mesmo modelo. Buscas pelos fugitivos foram realizadas, sem sucesso. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) é a responsável pelo caso.

Também na Igrejinha, um homem foi preso com uma pistola 9mm, um rádio transmissor e drogas. Ele foi levado para a 76° DP - Niterói.

Ao mesmo tempo, dessa vez na comunidade da Grota, dois homens trocaram tiros com PMs e foram presos em uma casa na comunidade. No imóvel foram encontrados uma pistola 9mm, drogas e dois uniformes da concessionária Autopista Fluminense. Segundo a PM, as vestimentas indicam que a dupla tentaria fugir disfarçada. O caso foi encaminhado à 76° DP e será remetido para a investigação da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), já que um menor de idade também foi encontrado com os dois presos.

A tarde, a Estrada da Cachoeira, em São Francisco, foi interditada durante um protesto realizado por moradores da comunidade da Grota (leia mais). Segundo eles, um adolescente de 16 anos e sem envolvimento com o crime teria sido morto por policiais do Comando de Operações Especiais (COE).

Os acessos à comunidade foram bloqueados e um coletivo da linha Badu x Centro foi incendiado. Ninguém ficou ferido nesta ação.

Sintronac faz recomendação à motoristas - Em nota, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Passageiros de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) informou que fez recomendação a todos os motoristas de ônibus de que não circulem em áreas onde haja qualquer tipo de ameaça promovida por marginais. Segundo órgão, entre 2018 e 2019, pelo menos cem ofícios foram enviados para autoridades municipais e estaduais, além do Ministério Público e da Justiça, cobrando providências para que seja garantida a segurança de rodoviários e passageiros.

"No entanto, a presença de marginais fortemente armados em comunidades onde circulam ônibus têm sido um desafio que, aparentemente, está além da capacidade do poder público solucionar", lamenta o texto.

A nota é encerrada dizendo que diretoria do sindicato "lamenta que a população venha a sofrer com a falta de transporte público em determinadas regiões". "Os rodoviários são apenas trabalhadores comuns, portanto não podem arriscar suas vidas e sua saúde para enfrentar criminosos com poder de fogo e organizados em nível militar", conclui o texto.

Clima tempo

TURISMO MARICÁ

Arrow
Arrow
Slider

©2017 Todos os direitos reservados - Maricá Errejota.
Criado por NetartBR