Barcas de Charitas com tarifa mais barata

Foto: Evelen Gouvêa/OFLU

Foto: Evelen Gouvêa/OFLU

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) aprovou nesta quarta-feira (04/04) projeto de lei que visa a implantação de uma tarifa social no catamarã Charitas-Praça XV no valor de R$ 6,10, o valor praticado atualmente é de R$16,90. Com isso, novas linhas podem entrar em operação já em meados de maio. O projeto é de autoria do deputado estadual Flavio Serafini (PSOL). A lei segue para sanção do governador Luiz Fernando Pezão. 

O deputado espera que a demanda de passageiros na estação de Charitas cresça, por conta da diminuição do valor da tarifa e também da mobilidade urbana criada pela implantação do túnel Charitas-Cafubá. A nova tarifa não acaba com o serviço já existente, mas cria uma linha com um novo valor. Serão duas ofertas distintas de serviço para a mesma travessia, com isso o número de vagas disponibilizadas para atendimento da linha social não poderá ser inferior às vagas destinadas à linha seletiva. 

“O objetivo principal com essa lei é fortalecer o sistema de transporte e criar condições para que uma parcele maior da população possa utilizar a ligação Charitas-Praça XV. É uma linha que hoje se conecta a um projeto de melhoria no sistema urbano de Niterói que vai ter reflexo em toda a Região Metropolitana. Foi construído um túnel que possibilitou mais usuários a usarem essa linha que hoje é limitada por um valor de mais de R$ 16”, afirmou o deputado. 

O sistema de Barcas passa hoje por um processo de reorganização no Estado. Alegando prejuízos, a concessionária CCR Barcas, que hoje administra o serviço, pediu para devolver a concessão. Serafini afirmou que esta nova medida, após sancionada, deverá constar no novo processo de licitação para o serviço.  

“Há uma demanda enorme na cidade de Niterói e dos moradores da Região Oceânica, de Jurujuba, de Charitas, para usar a ligação Chariras-Praça XV, mas que fica impedido pelo alto preço da linha seletiva. Hoje já diversas embarcações do Estado, inclusive das novas que foram adquiridas têm condições de operar na estação de Charitas e já operam na estação da Praça XV. Com essa Barcas entrando em uso e aumentando o número de passageiros na ligação Charitas-Praça XV com a linha social a gente vai encontrar equilíbrio econômico e financeiro e vai ter o fortalecimento do transporte aquaviário que é fundamental para a mobilidade urbana do Rio de Janeiro e para o meio ambiente”, declarou.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.