CIEP do Fonseca, em Niterói, será municipalizado e reformado

Fotos: Bruno Eduardo Alves / Divulgação PMN

Fotos: Bruno Eduardo Alves / Divulgação PMN

Abandonada há mais de 10 anos, os corredores do CIEP Anísio Teixeira, em breve, voltarão a receber alunos e professores. Após ser municipalizado pela Prefeitura de Niterói em fevereiro, a unidade será reformada e usada como “Espaço Nova Geração”, uma nova concepção na Educação em Niterói. Está previsto um investimento de R$ 6,8 milhões na recuperação do local.

Durante o anúncio das obras, o prefeito Rodrigo Neves afirmou que, revitalizado, o CIEP será um importante instrumento para a educação dos jovens da região. “Eu estou muito feliz porque a partir de fevereiro, quando terminarem as obras, esse espaço, que era abandonado, passará a ser o espaço da esperança, do encontro e, sobretudo, um espaço para a construção de um futuro melhor para os nossos jovens”, comemorou.

O prédio do CIEP receberá uma reforma geral, mas suas características originais serão mantidas. O projeto da reforma inclui a substituição das instalações de gás, de incêndio, de esgoto sanitário e águas pluviais, hidráulica, elétrica e do sistema de ar condicionado. Os revestimentos em argamassa de cimento e azulejos, tijolos danificados, divisórias dos sanitários, cobertura das telhas, forros, impermeabilizações de toda a edificação serão trocados. Também serão substituídos os sanitários, portas e janelas, e os aparelhos de iluminação. O CIEP, que fica na Travessa Luiz de Mattos, receberá um novo tratamento paisagístico nas áreas públicas. As obras começam na primeira semana de agosto e a previsão é de que sejam concluídas no primeiro semestre de 2019.

Quando for reaberto, o CIEP será um dos primeiros Espaços Nova Geração de Niterói, onde 800 crianças e jovens da região terão acesso gratuito a atividades e projetos de formação técnica, cultura, educação, esporte e lazer. O CIEP do Cantagalo, também municipalizado, também será transformado em Espaço Nova Geração. Com isso, os dois CIEPS serão clubes-escola no contraturno escolar com pratica de esportes, cursos de capacitação profissional, de idiomas e projetos culturais. O objetivo é promover o desenvolvimento de crianças e jovens oferecendo oportunidades que abram horizontes e novas perspectivas para o futuro.

Entre as atividades que serão oferecidas estão: basquete, futebol, lutas, dança; literatura, música, dança, cinema, teatro e artes visuais, escrita criativa, curso de idiomas, pré-vestibular, reforço escolar, educação financeira, empreendedorismo, informática, oficinas de culinária, horta comunitária e jardinagem.

Visando garantir o pleno desenvolvimento dos participantes, os Espaços Nova Geração incluirão na metodologia de trabalho o encontro com as famílias, atendimento psicossocial, banco de empregos e acompanhamento para ingresso no mercado de trabalho. A Prefeitura está em fase final de contratação de uma Organização da Sociedade Civil para a gestão dos Espaços.

Notícias Relacionadas