Contação de Histórias na aldeia indígena em Maricá

Foto: Fernando Silva

Foto: Fernando Silva

A Coordenação de Literatura da Secretaria de Cultura inicia, nesta quarta-feira (13/09), a “Oficina de Contação de Histórias Indígenas” na aldeia Tekkoa Ka’aguy Ovy Porã (“Mata Verde Bonita”, em tupi guarani) de São José do Imbassaí. A professora de história, Carolina de Jesus, remanescente Potiguara-RJ, é quem vai conduzir as atividades com as crianças através da narrativa escolhida para começar o projeto: “Os segredos da Índia Poti”. Das 10h às 14h, moradores da comunidade irão vivenciar atividades literárias e ter contato mais de perto com danças, jogos e artesanatos indígenas.

As histórias são contadas teatralizando o enredo. Segundo a secretaria, esse método permite narrar e formar consciência nas crianças sobre a diversidade indígena. Assim, ainda de acordo com a pasta, ao conhecerem vários contos de sua própria cultura podem reafirmar sua identidade cultural e também estimular o desenvolvimento de competências e habilidades de socialização, parte fundamental no processo de crescimento.

Para a secretária de Cultura, Andréa Cunha, a contação de histórias está ligada diretamente ao imaginário infantil e daí sua importância como ferramenta social. “Incentiva não só a imaginação, mas também o gosto pela leitura. E isto cria uma relação entre o espaço íntimo do indivíduo, o mundo interno, com o espaço social, mundo externo, resultando daí a formação da personalidade, dos valores e crenças de cada um”, conclui.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.