Coronavírus também acomete crianças; mortes já foram registradas no estado

Foto: REUTERS / Lindsey Wasson / Divulgação Agência Brasil

Se engana quem pensa que o novo Coronavírus não acomete crianças. Já há registro de caso confirmado da doença até mesmo em recém-nascido. Em Niterói, a morte de um bebê com apenas seis meses de vida é investigada pela Fundação Municipal de Saúde.

Em Itaboraí, um paciente com apenas 12 dias de vida foi acometido pela doença, conforme divulgou a Secretaria Municipal de Saúde. Já em Niterói, a morte de um bebê de seis meses na última terça, que estava internado no Hospital Pediátrico Getúlio Vargas Filho (Getulinho), está sendo investigada. A menina, que era moradora de São Gonçalo, foi atendida inicialmente com problemas respiratórios, evoluiu para síndrome respiratória aguda grave e não resistiu.

Também na terça (05), foi registrada a morte de um bebê de um ano na cidade do Rio de Janeiro. Outro bebê, com a mesma idade e também morador da capital, já havia morrido em 07 de abril.

“Muitos acham que as crianças são de baixo risco e por isso não precisamos nos preocupar com elas. Sim, isso pode ser verdade para crianças que não tem problemas médicos crônicos, como imunodeficiências. Mas as pessoas esquecem que as crianças são provavelmente uma das principais rotas pelas quais a infecção está se espalhando pelas comunidades”, acredita Graham Roberts, consultor pediátrico honorário na Universidade de Southampton, na Inglaterra.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), “crianças e adolescentes são tão suscetíveis à infecção quanto qualquer outra faixa etária”. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, desde o início da pandemia já foram contabilizadas sete mortes por coronavírus entre pacientes de 0 a 19 anos.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.