Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Estacionar diariamente em Niterói passa dos 15% do salário mínimo

spot_imgspot_img

Mais lidas

Em Niterói não há muito para onde escapar quando se fala em estacionar o carro. Em vários lugares, ao menor sinal de interesse em uma vaga, já aparece alguém para a cobrança. O estacionamento rotativo, legalizado pela Prefeitura de Niterói, custa R$2 a hora. Se o trabalhador cumprir 8 horas de serviço, o valor fica em R$16,00; R$320 o mês.

Devido ao alto valor, motoristas acabam escolhendo a opção mais barata. O custo de um estacionamento irregular – de responsabilidade dos ‘flanelinhas’ – é da diária cerca de R$10. De segunda a sexta-feira, o custo é de R$50 por semana; ou R$200 por mês.

Então, para que o trabalhador consiga estacionar corretamente sem problemas e riscos, ele precisa desembolsar 24,5% do salário mínimo. Mas, caso o mesmo queira arriscar e estacionar com flanelinhas, a porcentagem diminui para 15,5%.

Foto- Breendon Santos

Antônio Souza, de 57 anos, morador do bairro Santa Rosa, teve que ir ao Centro de Niterói para resolver seus problemas pessoais. Ele reclamou dos estacionamentos da cidade.

“Para viver em Niterói o custo é altíssimo, e ainda tem que pagar um estacionamento altíssimo também. É um absurdo a cobrança desses estacionamentos de rua e infelizmente não temos opção. Se deixar na mão do flanelinha e não pagar, podemos pagar caro por isso, se não pagar a prefeitura temos uma dívida. O que podemos fazer? Acaba sempre caindo para o trabalhador“, disse o Antônio.

*Estagiário sob supervisão de Lucas Nunes*

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img