Gasolina terá reajuste a partir desta quinta-feira (19)

O brasileiro vai acordar com um novo reajuste no preço da gasolina. O governo federal decidiu nesta quarta-feira (19/07) aumentar tributos que incidem sobre os combustíveis, com o objetivo de cobrir o buraco nas receitas públicas e evitar uma revisão na meta de deficit de R$ 139 bilhões neste ano.

Segundo integrantes do governo, o não cumprimento da meta fiscal seria um sinal de fraqueza diante da crise política e é exatamente isso que assessores do peemedebista querem evitar.

Em reunião no Palácio do Planalto no fim da tarde desta quarta, o presidente Michel Temer concordou com os argumentos apresentados pela equipe econômica e deu aval para a elevação de tributos.

Numa primeira etapa, haverá aumento de PIS e Cofins cobrados sobre a gasolina e o diesel. A nova alíquota entra em vigor nesta quinta (20), após a publicação de decreto em uma edição extra do Diário Oficial da União.

A Cide, outro tributo que incide sobre combustíveis, também pode ser elevada. Nesse caso, o governo precisa esperar 90 dias para começar a arrecadar.

Na avaliação de integrantes da equipe econômica, Temer cedeu demais em troca de apoio de parlamentares e ficou sem alternativas para fechar as contas.

Quem vai pagar a conta das votações a favor de Temer no Congresso Nacional é o povo brasileiro. O anúncio oficial da decisão deve ser feito nesta quinta, antes que o presidente embarque para a Argentina, onde participa de reunião da cúpula do Mercosul.

Notícias Relacionadas