Maricá realizará testagem em massa para monitorar Coronavírus

Todos os pacientes que chegarem com sintomas nas tendas serão testados. | Foto: Ruy Machado

Começará pelos idosos e seguirá pelas demais faixas etárias da população a testagem massiva em Maricá. A ideia, de acordo com o prefeito Fabiano Horta, é monitorar o avanço da doença na cidade.

A medida faz parte dos novos protocolos que a Secretaria de Saúde adotará no combate à doença. O teste nos idosos acontecerá em domicílio, através de busca ativa, ou em “drive thru”, em pontos previamente determinados.

“Essa testagem é fundamental para a gente detectar o número de pessoas que já tiveram contato com o vírus, já tiveram a doença e, inclusive, estão imunes ou não manifestam nenhum sintoma”, disse o prefeito Fabiano Horta.

Outro protocolo é a testagem de todos os pacientes sintomáticos que buscarem os polos de atendimento, montados no Centro, Itaipuaçu e Ponta Negra. O teste poderá ser do tipo “rápido”, em que é identificado se a pessoa possui anticorpos contra o vírus (ou seja, se está ou já teve a doença), ou do tipo “swab” (teste do cotonete), que identifica se a pessoa está portando o vírus.

Ampliação de leitos – O prefeito Fabiano Horta anunciou, ainda, que a cidade está fazendo a ampliação de leitos exclusivos para pacientes com Covid-19. O novo Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara implantou, a partir de hoje, 16 novos leitos de enfermaria. Com isso, são 83 leitos ao total voltados ao Coronavírus em toda a rede.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.