Parada do Orgulho LGBT de Maricá será dia 10/12

A 5ª Parada da Diversidade e Orgulho LGBT de Maricá vai acontecer em 10 de dezembro, na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro, com início às 15h e previsão de término às 19h. O cronograma de atrações e serviços foi definido na tarde desta quinta-feira (23/11) em reunião realizada na Secretaria de Direitos Humanos, Participação Popular e Mulher.

No encontro foram definidas questões relacionadas a estrutura do evento como, por exemplo, o posicionamento do palco, iluminação, duas tendas, sendo uma aberta, na qual a Prefeitura irá disponibilizar funcionários para a prestação de diversos serviços, entre eles, testagem rápida de HIV, distribuição de camisinhas e panfletos informativos. Também foram discutidas questões de segurança pública, trânsito e logística operacional.

De acordo com o coordenador municipal LGBT, Carlos Alves, a ideia da reunião de trabalho era justamente unir todas as pastas para identificar as atividades e serviços que cada uma vai oferecer ao público da 5ª Parada LGBT de Maricá. “É muito importante o apoio da Prefeitura através de suas secretarias, da Saúde, da Guarda Municipal e de todos os outros órgãos para que nós possamos promover um evento bonito e seguro”, afirmou o coordenador. “É fundamental a existência de uma política pública transversal para que esse tipo de evento possa acontecer e, ao contrário de outros municípios, em Maricá a causa LGBT tem recebido um grande incentivo do poder público municipal”, completou. “Embora seja um evento festivo, com shows e muita música nós queremos oferecer nele serviços e esse ano todas as atividades serão concentradas na praça Central, inclusive a parada não vai se locomover”, antecipou Carlos Alves.

Participaram ainda da reunião o secretário de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher, João Carlos de Lima (Birigu), o secretário de Assistência Social, Jorge Castor, e representantes das secretarias Geral e de Governo, Saúde, Cultura, Ciência e Tecnologia, Agricultura, Pecuária e Pesca, Políticas para a Terceira Idade e da Guarda Municipal.

Birigu falou da importância de se respeitar a liberdade do outro. “A secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular é só mais uma nesse processo de trabalho em equipe que reúne todas as secretarias”, afirmou Birigu. “O protagonismo desse evento é de fato do movimento que combate esse comportamento de parte da sociedade em relação ao desrespeito da liberdade”, completou. “Fornecer um carro de som, um palco, a parte estrutural é pouco. Isso qualquer governo pode fazer. O que nós defendemos e é isso que todos precisam entender é o respeito e a participação verdadeira dentro dessa causa. Promover a igualdade e o respeito entre todos é pauta desse governo e por isso a importância da participação de todas as secretarias”, frisou o secretário.

Em breve a Prefeitura irá divulgar a programação da 5ª Parada da Diversidade e Orgulho LGBT de Maricá.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.