Rio de Janeiro,

sexta-feira, setembro 17, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Pescadores artesanais serão beneficiados em convênio entre Prefeitura de Maricá e Fiperj

Mais lidas

A Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca assinou, na última quarta-feira (04/08), um novo termo de cooperação técnica com a Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj). O convênio irá beneficiar os pescadores artesanais, inclusive com a inclusão do pescado na merenda escolar da rede municipal de ensino.

Para o secretário da pasta, Júlio Carolino, com a assinatura do termo, além de garantir o posto da Fiperj no município, trará melhorias para a pesca local. “Esse posto é muito importante para apoiar nossos pescadores. Através deste termo de cooperação estaremos apoiando ainda mais a piscicultura no município”, comemorou.

Foto: Anselmo Mourão / Divulgação PMM

“Não podemos esquecer que esse é o órgão que vai emitir o documento de aptidão para o pescador, permitindo que ele possa colocar o seu pescado na merenda escolar. Com isso, teremos a documentação necessária para que os alunos consumam o peixe trazido da nossa região”, afirmou o secretário.

A pasta pretende, ainda, instalar containers próximos as lagoas para que os pescadores possam não só filetar o peixe (cortar o peixe), mas também comercializar.

“O termo vai dar oportunidade de atender tanto ao produtor rural, quanto ao pescador, inserindo nas políticas públicas aplicadas no estado. A partir da assinatura deste termo podemos desenvolver projetos e captar recursos que irão ajudar no dia a dia da produção rural e do pescador”, disse Filipi Pereira, representante da Fiperj em Maricá.

Segundo o presidente da Associação de Pescadores de Ponta Negra, Valdir Pacheco, o acordo representa um passo importante para aqueles que vivem da pesca. “Com certeza é uma vitória para os pescadores. Hoje o nosso peixe não fica em Maricá. Os caminhões chegam, pegam os peixes e levam para outras cidades”, analisou.

“Essa oportunidade que está se dando vai ser muito boa para termos um local onde poderemos filetar os peixes e vender”, concluiu Valdir.

spot_img
spot_img

Últimas noticias