Polo de atendimento para Covid-19 já está em funcionamento

Começou às 08h desta segunda-feira (06) o atendimento no primeiro polo de atendimento exclusivo para Covid-19, localizado no Esporte Clube Maricá, no Centro. O espaço atenderá possíveis infectados fora dos hospitais e unidades de emergência da rede de saúde, que ficam reservadas para os pacientes que apresentem quadro grave da doença.

Segundo a Secretaria de Saúde, outros dois polos semelhantes serão abertos, nos próximos dias, em Itaipuaçu e em Ponta Negra. As três unidades de triagens funcionarão todos os dias, das 8h às 20h, e contam com equipes de médicos, enfermeiros e pessoal de apoio. Todos os profissionais receberam treinamento específico para lidar com pessoas que apresentem sintomas de Covid-19.

De acordo com a secretária de Saúde de Maricá, Simone Costa, cada polo de atendimento tem capacidade de atender de 500 a 600 pessoas ao dia. “As pessoas que tiverem qualquer tipo de sintoma gripal, como febre, dor de cabeça, coriza, tosse, falta de ar, devem procurar essas unidades ao invés de irem pro Hospital Conde Modesto Leal ou UPA”, comentou. A ideia é que haja descentralização no atendimento.

“As equipes foram treinadas anteriormente. Elas vieram para cá no final de semana e fizeram toda a capacitação para atuarem. No caso das outras unidades, vamos dar continuidade. Vamos avaliar o ponto de montagem das estruturas para dar uma data específica de abertura”, disse Simone.

Na chegada ao polo cada paciente será submetido a um protocolo de classificação de risco, que avaliará o quadro clínico e a necessidade, ou não, de internação hospitalar.

Os pacientes serão separados até em salas de espera diferentes (com ou sem febre), evitando o chamado cruzamento de fluxos, que aumenta o risco de contágio. Assim, se uma pessoa tem febre, ficará num espaço com outros que apresentem esse sintoma; se tem febre e tosse, já vai para outra área – cada uma assistida por um médico diferente.

Notícias Relacionadas