Acusado de agiotagem e extorsão é preso em Niterói

Prisão agiota Niterói Foto: PCERJ/Divulgação

Policiais da Delegacia do Centro de Niterói (76ªDP), prenderam nesta segunda-feira (05), um homem de 42 anos, acusado de de pertencer uma quadrilha de agiotagem e extorsão . O acusado que estava foragido desde  outubro de 2019.

De acordo com a Polícia Civil, contra ele havia um mandado de prisão, expedido 33ª Vara Criminal da Capital com base em investigações conduzidas pela Delegacia de Inhaúma (44ª DP), Zona Norte do Rio.

A prisão aconteceu com base na análise e sistematização de dados de inteligência produzidos pela Delegacia de Niterói. O acusado integrava o núcleo responsável pelas cobranças do esquema criminoso, voltado para a prática de agiotagem e extorsão, que já chegou a ter 70 escritórios espalhados por todo estado.

As investigações mostraram que além da prática da agiotagem clássica, cujos empréstimos aplicavam juros abusivos, a organização criminosa onde o acusado atuava, colecionava vítimas cobrando dívidas antigas (adquiridas com agiotas) que já tinham sido quitadas. Além da cobrança de dívidas fictícias de empréstimos que nunca existiram. Onde os criminosos telefonavam insistentemente para os “devedores”, seus parentes e vizinhos, fazendo graves ameaças até conseguirem o pagamento da “dívida”.

Notícias Relacionadas