Agetransp nega aumento na linha Praça XV – Charitas das Barcas; serviço segue suspenso

Foto: Divulgação / CCR

O Conselho Diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) não admitiu o pedido de revisão da tarifa para a linha Praça XV – Charitas. A solicitação foi apresentada pela CCR Barcas S/A, concessionária que opera o serviço.

A decisão da Agetransp foi proferida no último dia 25/05, mas só foi publicada no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro (DOERJ) desta quarta (09/06).

Antes da pandemia, quem optasse pelo serviço para chegar até o Centro da cidade do Rio de Janeiro pagava R$ 16,90 pela passagem. Na petição, a concessionária pede a aplicação da tarifa de R$ 19,09, alegando a diminuição do prejuízo pelo desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, em função da pandemia do Covid-19. De acordo com o Conselho Diretor, não houve fato novo que justificasse a não aplicação da tarifa de R$ 16,90.

Atualmente, a linha não está operando. O serviço foi suspenso em março do ano passado, quando o então governador Wilson Witzel decretou restrições de circulação para controle da pandemia de Covid-19. Desde então, o serviço não foi mais retomado.

Suspensão definitiva – Na última segunda (07), no entanto, a Rádio BandNews Rio divulgou que, de acordo com a Secretaria de Estado de Transportes, a linha não voltaria mais a operar devido a “dificuldade em manter o subsidio contratual com a concessionária”.

Vale lembrar que a concessionária tenta devolver a concessão por considerá-la “deficitária”. O contrato com o Governo do Estado vence, no entanto, em fevereiro de 2023. Uma nova licitação de concessão do serviço está sendo preparada.

Notícias Relacionadas