“Ano de 2018 será de muita prosperidade e riqueza”, afirma Umbandista

A união do orixá regente de 2018 Xangô com a guerreira Iansã fará com que o próximo ano seja um ano muito quente, tanto no entendimento sexual, como no aspecto comportamental. É o que explica a Dofona de Yemanjá (classe hierárquica da Umbanda e do Candomblé), Amanda de Souza, que traçou um panorama para que os leitores do ERREJOTANOTÍCIAS (MARICAERREJOTA) entrem 2018 com boas energias e vibrações.

Segundo a religiosa, 2018 será um ano muito próspero em que as pessoas estarão mais aguerridas, dispostas a trabalhar e a se esforçar para atingirem seus objetivos. “Vai ser um ano de muita riqueza, de muito trabalho e sexualidade. Então, a gente sempre deve pedir sabedoria para esse orixá, muita prosperidade, caminhos abertos, fartura e saúde”, disse.

Para aqueles que pretendem dar uma guinada na vida financeira e vão apostar na Mega-Sena para concorrer ao prêmio de R$ 280 milhões, Amanda de Souza recomenda pedir para o orixá Exu, que também traz muita prosperidade. “Então, Exu é um orixá de caminhos abertos e de dinheiro. Se a pessoa souber trabalhar com ele e doutrinar para o bem, ela terá um orixá lindo na sua frente”, contou.

Apesar de não seguir nenhum ritual religioso, o operador de rodovias, Alex Souza entrou num “bolão” com seus amigos do trabalho, na tentativa de aumentar a chance de ganhar o prêmio e dividi-lo entre os apostadores. “A gente pensa em fazer muita coisa. Ajudaria a minha família, de repente investiria em imóveis, terrenos, lojas e casas”, afirmou.

Mesmo não jogando na Mega-Sena neste ano, a autônoma Graça Teixeira contou seus planos, caso algum dia seja ganhadora de um prêmio como este. “Eu ia levar todas as minhas amigas para uma viagem de navio. Iria até mesmo deixar o marido em casa”, brincou.

O ajudante de supermercado, Pedro Cabral disse que se ganhasse na Mega da Virada viajaria para lugares paradisíacos. “Penso em ir para a Califórnia e Havaí”.

No entanto, a Dofona de Yemanjá alerta que não adianta seguir os rituais e não arregaçar as mangas para conquistar seus objetivos. Porém, ela dá uma dica para obter boas energias para o ano que vai entrar. “O que a gente utiliza para atrair energia são banhos com Canela, Girassol e com semente de Romã. São algumas infusões que a gente faz”, explicou.

Não só de conquistas e viagens deseja a população maricaense para o Ano Novo. A auxiliar de cozinha Catarina Cirqueira dos Santos, por exemplo, que não acredita em jogos como os da Mega-Sena, almeja amor e sorte para os que vão jogar na Mega da Virada. ”Desejo que o ser humano tenha mais amor no coração, porque o amor está esfriando. Desejo que o homem se preocupe mais com o próximo e que seja mais unido”.

Na opinião do barbeiro Cláudio da Silva as pessoas dão mais valor aos bens materiais do que à fé. “O ser humano tem que ter paixão no coração e amor em Cristo em primeiro lugar”. Para ele, o dinheiro deveria ser uma recompensa pelo esforço e pelo trabalho do cidadão, e não o contrário, como fazem algumas pessoas. “Através do trabalho vem o dinheiro e as coisas que você luta para conseguir”.

Já a assistente administrativo almeja saúde para todos e que a cidade de Maricá continue se desenvolvendo nos próximos anos. “Espero que a cidade continue do jeito que está, pois assim está indo bem. Desejo muita saúde para poder continuar trabalhando”, completou.

O sorteio da Mega da Virada será no dia 31 de dezembro, e as apostas poderão ser feitas em todas as casas lotéricas do país até às 14h (horário de Brasília) do mesmo dia.

Notícias Relacionadas