Rio de Janeiro,

quarta-feira, dezembro 8, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #42

Após se filiar ao Podemos, Moro pode concorrer à presidência em 2022

Mais lidas

Após se filiar ao PODEMOS, o ex-juiz Sergio Moro é cotado como pré-candidato à Presidência da República nas eleições de 2022.

Moro se filiou ao Podemos nesta quarta-feira (10). O ex-juiz ainda não anunciou se disputará o pleito do ano que vem e por qual cargo, mas o evento que formalizou a filiação o anunciou como “futuro presidente da república”.

Na fala, o ex-ministro da Justiça destacou não ter uma carreira política e defendeu o combate à corrupção. O ex-magistrado integrou a operação Lava-Jato e foi responsável pela condenação do ex-presidente Lula.

Ele propôs a criação de uma corte nacional anticorrupção e ressaltou a necessidade de se retomar a condenação em segunda instância, o fim do foro privilegiado e da reeleição para cargos executivos.

O jurista também enviou recados criticando os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Além de não poupar o governo Bolsonaro com críticas à gestão da pandemia. Em suas falas também defendeu o liberalismo na economia e a expansão do ensino integral.

Em seu discurso, Sérgio Moro afirmou que entra para a política para “ajudar o Brasil”.

“Embora tenha muita gente boa na política, nós não vemos grandes avanços. Após um ano fora, eu resolvi voltar. Não podia ficar quieto, sem dizer o que penso, sem tentar, mais uma vez, com vocês, ajudar o Brasil. Então, resolvi fazer do jeito que me restava, entrando na política, corrigindo isso de dentro para fora”, afirmou o ex-juiz.

spot_img
spot_img

Últimas noticias