Aprovado na Câmara o projeto de lei que cria o Instituto Darcy Ribeiro

Foto: Divulgação / ASCOM Câmara de Maricá
Foto: Divulgação / ASCOM Câmara de Maricá

Foi aprovado em segundo turno, durante a sessão desta segunda-feira (12), o Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo que cria o Instituto Municipal de Informação e Pesquisa Darcy Ribeiro (IDR). O instituto terá como objetivo geral organizar e disponibilizar dados e indicadores municipais sobre a cidade no contexto do Leste Metropolitano, realizar estudos e projetos visando subsidiar o desenho de políticas públicas para o município de Maricá, subsidiar a organização e acompanhar a execução dos Planos Diretores e Planos Plurianuais do município, entre outros.

O projeto foi votado e aprovado em segundo turno com 11 votos. Agora, segue para sanção do prefeito, Fabiano Horta. O instituto também realizará e atualizará os dados sobre a cartografia do município, além de pesquisa sobre a história de Maricá, campo socioeconômico.

Também foi votado e aprovado em segundo turno o PL que institui o Programa de Incentivo à Regularização Fiscal com a Fazenda Pública.

Homenagem póstuma – Os vereadores lamentaram a morte do jornalista João Bosco. Os vereadores fizeram um minuto de silêncio em virtude de seu falecimento.

Obras e Segurança Pública – O vereador Ismael Breve agradeceu a Secretaria de Obras pela colocação de quebra-molas na Avenida Zeidan.  “Tenho pedido há um tempo e quero agradecer por colocar quebra-molas. Ali tinha muita colisão, logo chegando a Guaratiba. Quero pedir que faça também na Avenida Litorânea, em Ponta Negra”.

O vereador Chiquinho (PP) parabenizou alguns policiais pelos bons trabalhos realizados em Maricá.  “Quero dar os parabéns do cabo Novais e Silveira onde foi presa uma das maiores quadrilhas que estava roubando residências. Quero parabenizar o Souto também que apreendeu drogas no Minha Casa, Minha Vida de Inoã”.

Ordem do Dia – Também foram votadas moções de autoria do vereador Dr. Felipe Auni, ao Grêmio Náutico Maricá; a Marcelo Dutra Pena e Robson Rosa de Assis. Foi entregue moção de autoria do vereador, Marcus Bambam, Sanilu da Silva.

Notícias Relacionadas