Bancários da Caixa estão em estado de greve e podem paralisar atividades

Agência da Caixa Econômica Federal em Maricá. | Foto: Reprodução / Google Maps

O Sindicato dos Bancários de Niterói e Região anunciou que os bancários da Caixa Econômica Federal da base territorial do sindicato optaram pelo estado de greve na instituição. Caso as reivindicações não sejam atendidas, os trabalhadores poderão paralisar as atividades no dia 27/04.

Na assembleia que aconteceu na última quinta (22), 93% dos votos foram favoráveis ao estado de greve. A possível paralisação nas agências da Caixa nas cidades de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Silva Jardim, Rio Bonito, Casimiro de Abreu, Tanguá, Maricá, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, Arraial do Cabo, São Pedro d’Aldeia, Cabo Frio, Armação de Búzios e Rio das Ostras.

De acordo com o movimento sindical, a paralisação é uma forma de protesto contra algumas questões pendentes com o banco e que ainda não foram solucionadas. Dentre elas, está o pagamento justo da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) Social, IPO da Caixa, a inclusão dos bancários como grupo prioritário no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19 e a defesa da Caixa 100% pública.

“A posição é uma reação ao anúncio da direção do banco de avançar na privatização através da venda de ações do banco, além de mobilização pelo pagamento de PLR Social sem discriminação e com valor justo. Lutamos por nossos direitos, como a garantia do pagamento integral da PLR como foi acordado pelos sindicatos com a direção da empresa”, diz o comunicado.

Notícias Relacionadas