spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Barreiras sanitárias em Maricá terão medição de temperatura

spot_imgspot_img

Mais lidas

As barreiras sanitárias da cidade de Maricá terão testagem da temperatura. Os equipamentos em estão em fase de aquisição e em breve serão empregados nas ações. Após a implantação, as pessoas que chegarem de outras cidades e que por ventura  seja constatada a febre, será imediatamente encaminhada a um dos três polos de atendimento ao Covid-19 no Centro (Esporte Clube Maricá), em Itaipuaçu (Rua 34) e em Ponta Negra (Rua Capitão José Caetano de Oliveira – paralela a rua da praia).

“Estamos adquirindo os equipamentos, até porque essas barreiras passam a ser permanentes na cidade. Quanto a testagem da temperatura, as pessoas que apresentarem febre serão encaminhadas a uma unidade de saúde. Além disso, seguimos distribuindo máscaras nas barreiras”, contou o secretário.

Bloqueios

A partir desta sexta-feira (15) seis novos pontos de bloqueio passaram a funcionar em Maricá – um fixo na RJ-114, rodovia que liga Maricá a Itaboraí, funcionando todos os dias da semana, e mais outros cinco, que funcionarão de sexta a domingo, para impedir o acesso às praias e pontos turísticos do município. As barreiras sanitárias seguem o mesmo modelo montado para o feriado prolongado do Dia do Trabalhador.

Para ter acesso ao município, as pessoas deverão apresentar comprovante de residência ou que se identifique como  trabalhador de atividades essenciais. Quem não tiver, terá de preencher um termo de declaração, como na ação passada  informando o endereço de onde trabalha, telefone e a placa do veículo. A proibição do estacionamento na área litorânea foi ampliada,  agora apenas moradores e veículos de serviços podem entrar.

“No feriado do Dia do Trabalhador reduzimos cerca de 35% da vinda de veículos de fora para Maricá. A medida se torna importante principalmente nesse quadro estadual e nacional de casos, que só piora. Essa é mais uma medida para reforçar o isolamento”, explicou o secretário Júlio.

A secretaria montou uma força tarefa que contará com  cerca de 260 agentes da Guarda Municipal e do PROEIS, além de equipes fiscalizando  os pontos turísticos, zonas  bancárias e possíveis locais de aglomeração.

 

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img