Rio de Janeiro,

terça-feira, setembro 28, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Batalha do Tanque volta com força total em São Gonçalo

Mais lidas

O rap mostrou toda sua força na noite da última quinta-feira (2), com a volta da Batalha do Tanque à Praça dos Ex-Combatentes, no bairro Patronato. O duelo de freestyle (estilo livre) entre MCs pela primeira vez contou com apoio da Prefeitura de São Gonçalo.

Além da população de São Gonçalo, o evento foi prestigiado por MCs e público vindos de cidades vizinhas e também de outros estados, confirmando a vocação de São Gonçalo para as mais distintas vertentes culturais.

“É a primeira vez que a Prefeitura apoia a realização da Batalha do Tanque, uma expressão cultural importante e de grande relevância na cidade. A Secretaria de Turismo e Cultura vai se empenhar para que todas as vertentes culturais do município tenham a possibilidade de se desenvolver”, disse o secretário de Turismo e Cultura, Lucas Muniz.

Nas batalhas, dois MCs sobem ao palco para uma batalha de rimas. O DJ solta a batida e os MCs fazem suas rimas, com provocações e ofensas ao seu oponente, em uma batalha de dois rounds, e um terceiro em caso de empate, para definir o vencedor de cada batalha. O raciocínio rápido para escolher as palavras e a ‘letalidade’ das rimas é avaliado pelo público, que, por meio de votação, escolhe o MC vencedor. A rivalidade dura apenas o tempo da batalha. Assim que o confronto termina, os MCs se cumprimentam, mostrando que o que realmente importa é o fortalecimento da cultura do Rap.

O público presente pôde contar com uma estrutura dedicada ao evento, como a cobertura por lona , som e iluminação. O evento contou com a segurança realizada por agentes da Guarda Municpal e policias militares.

A Batalha do Tanque vai muito além da representatividade e identificação com um gênero musical, promove transformação de vidas, como destacou André Moreira, um dos organizadores da Batalha do Tanque.

“Nesses anos de Batalha do Tanque, eu perdi a conta de quantos garotos considerados perdidos, mudaram de vida. São pessoas que saíram da vida do crime e hoje estão na batalha”, disse.

Prestigiaram o evento o secretário de Turismo e Cultura Lucas Muniz, o subsecretário de Turismo, Eric Rodrigues, e também os vereadores Professor Josemar e Romário Régis.

spot_img
spot_img

Últimas noticias