Bope faz treinamento na CCR Barcas

Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) realizaram, na tarde desta quarta-feira (16/10), um treinamento tático para retomada de embarcação. A atividade que aconteceu em parceria com a CCR Barcas teve como objetivo a preparação da tropa de elite da Polícia Militar contra atentados com reféns. Os militares envolvidos no treinamento receberam da CCR Barcas orientações sobre as peculiaridades das embarcações para simularem a retomada em caso de qualquer ocorrência durante a navegação na Baía de Guanabara.

Durante a ação, 16 policiais usaram a embarcação Apolo para abordar e retomar o controle da embarcação Gávea, que estava parada na enseada de Jurujuba, na Baía de Guanabara, após ter sido supostamente sequestrada por um homem com problemas mentais.

“A CCR Barcas tem como prioridade a segurança dos passageiros. Sendo assim, ficamos muito satisfeitos em poder contribuir com o Bope na preparação dos policiais. Esse tipo de treinamento faz parte de uma série de simulados em parceira com instituições como a Polícia Militar e a Capitania dos Portos do Rio de Janeiro, os quais promovem o aperfeiçoamento da nossa equipe”, disse Diego Félix, Gestor de Operações Náuticas e do Centro de Controle Operacional (CCO) da CCR Barcas.

O treinamento policial ocorreu após o horário de rush da manhã, não causando alteração na operação do transporte aquaviário.

Notícias Relacionadas