Rio de Janeiro,

sexta-feira, setembro 17, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Campanha ‘Maricá em Tóquio’ transforma atletas olímpicos em personagens de mangá

Mais lidas

A campanha “Maricá em Tóquio” transformou os atletas olímpicos Ane Marcelle e Marcus D’Almeida em personagens de mangá, heróis típicos em quadrinhos japoneses.

Com o slogan: “Investir em esporte é acertar no alvo da cidadania”, homenageia os dois arqueiros que representam o Brasil na Olimpíada de Tóquio 2021.

Os dois atletas são apoiados pelo projeto da Prefeitura que garimpa talentos do esporte nas escolas públicas municipais.  A campanha inclui outdoors instalados na cidade e transforma os dois atletas em personagens de mangá, heróis típicos dos quadrinhos japoneses famosos em todo o mundo.

Ane é a única mulher na equipe brasileira na modalidade e foi a estreante da campanha em Maricá, cidade em que nasceu e foi criada.

Como os atletas estão nas olimpíadas?

Em seu terceiro dia de competições, Ane ficou em 33º na categoria individual feminina, e terá pela frente a mexicana Ana Vázquez nos confrontos de mata-mata. A atleta conquistou 636 pontos, apenas um ponto a menos que a marca conquistada na Olimpíada Rio-2016. Já na categoria masculina, Marcus Vinicius terminou a fase classificatória na 40ª posição, com 651 pontos, sete a menos do que o anotado em sua estreia na Rio-2016. O carioca enfrenta na próxima fase o britânico Patrick Huston (25º).

Apesar dos resultados satisfatórios dos dois atletas nas competições individuais, o Brasil não conseguiu avançar na disputa em equipes mistas. Somadas as pontuações de Ane Marcelle e Marcus Vinicius, o país terminou em 20º, com 1.287 pontos. Apenas as 16 melhores equipes avançam.

spot_img
spot_img

Últimas noticias