Mega hair: conheça as vantagens e desvantagens

Foto: Becca Konzel on Unsplash Foto: Becca Konzel on Unsplash

O mega hair fica cada vez mais conhecido nos salões de beleza, já que são uma alternativa simples para alongar os fios em pouco tempo.

Seja para aquele date especial ou mesmo para resolver um problema, como no caso da quebra do cabelo, é importante dizer que o mega hair tem sim vantagens e algumas desvantagens.

Então, é nesse post, que você vai descobrir todos os fatores que devem ser pensando antes de começar a colocar aplique na sua cabeça.

Vamos lá?

Detalhe: para ser mais fácil de entender, será citado o tipo de alongamento em mega hair e o que esperar dessa técnica. O que facilita a sua escolha.

– Mega de tela: Esse é um procedimento bastante conhecido do mega hair e um dos mais praticados.

Para ficar fácil de entender, um tipo de tela com fios de cabelo costurados é preso próximo a raiz do seu cabelo.

Devido a isso, as vantagens incluem a possibilidade de utilizar secador e chapinha sempre que quiser, além de ser barato.

Em geral, a técnica é a partir de R$ 300.

Porém, nem tudo é fácil, já que os pontos negativos incluem uma dificuldade maior para pentear os fios, manutenção a cada dois meses e, dependendo do profissional, pode ficar bastante visível que se trata de um alongamento.

– Mega de microlink: O mega de microlink é uma opção bastante viável, já que dá o efeito natural desejado e não utiliza nenhuma química, o que protege os fios.

Sendo assim, a técnica consiste em prender o alongamento através de anéis, diretamente nos fios naturais do seu cabelo.

Além do mais, você pode utilizar chapinha e secador e costuma ter um valor acessível no mercado, com manutenção a cada três meses.

O grande desafio ou desvantagem desse procedimento, é que os anéis podem se soltar, principalmente em cabelos muito lisos ou mesmo ondulados.

Foto: Oleg Ivanov on Unsplash

– Mega de Queratina: Um dos tipos de mega hair praticados, que mais parece uma cirurgia, é o de queratina.

Basicamente, esse tipo de alongamento é feito através da colagem dos fios do mega nos fios naturais do cabelo.

Ainda que alongue bastante os fios e seja uma opção que deixa o visual mais natural, existem alguns pontos negativos.

Acontece que, devido a cola, você não pode utilizar nada que esquente os fios, isso inclui secador e chapinha.

Além do mais, é um dos tipos de mega hair caros, sendo em torno de R$ 1500 ou mais.

– Mega Nó Italiano: Esse é um dos tipos de mega hair que faz milhares de pessoas optarem por um tratamento de transplante capilar.

Acontece que, mesmo sendo barato, os fios naturais são amarrados com um tipo de elástico, onde são presos os fios do alongamento.

Os principais pontos negativos incluem a aparência abaixo da camada mais externa do cabelo, já que ficam os nozinhos, a dor para fazer os nós e a dificuldade para pentear, algo feito apenas no cumprimento.

Já os pontos positivos incluem o efeito natural, já que os fios seguem o seu cabelo, e a possibilidade de fazer chapinha, babyliss ou o secador sempre que quiser.

Essa é uma das opções que não danifica os fios, já que não é utilizado nenhum tipo de química.

– Mega de fita: Considerado como um mega que pouco danifica os fios, a técnica consiste em prender os fios de alongamento próximo a raiz natural, através de um tipo de fita adesiva.

Uma das principais vantagens é a facilidade, já que é possível comprar um pacote de mechas, em torno de 20 e fazer a aplicação em casa.

Entretanto, cada pacote custa em torno de R$ 400 e o ideal é colocar em torno de 60 mechas, para um efeito mais natural.

Foto: Chris Benson on Unsplash

– Mega de entrelaçamento: Esse é um dos procedimentos de mega que está fazendo muito sucesso, mesmo que não seja uma opção para quem precisa de uma cirurgia de transplante capilar.

Para resumir, esse mega começa com o entrelaçamento de todo o cabelo, ou seja, o profissional faz diversas tranças embutidas e firmes.

Depois disso, as mechas do mega hair escolhido são colocadas através de um processo conhecido como costura.

A grande vantagem dessa opção de mega é o efeito natural, já que todo o seu cabelo vai ser um mega uniforme.

Além do mais, como não é utilizado nenhum tipo de química, você pode utilizar a chapinha e secador.

Uma das desvantagens ou mesmo dificuldade está na lavagem, já que o cabelo trançado demora mais para secar.

Por isso, é preciso cuidado.

Importante: as tranças não ficam visíveis e passam a sensação de ser apenas parte do seu couro cabeludo.

Transplante capilar – A cirurgia que pode mudar a sua vida
Ainda que existem outras opções de mega hair, além das que forma citadas, nem sempre isso é uma opção.

Quando a calvície acontece em uma região da cabeça, seja naturalmente ou devido a outros problemas, como escalpe ou químicas, o alongamento sai de cena.

Afinal, não tem onde prender os fios e garantir um aspecto bonito e natural.

Nesses casos, é indicada a cirurgia de transplante capilar.

O procedimento é feito através da implantação de folículos ou fios na área sem cabelo, depois de retirado de uma área doadora do próprio paciente.

Assim, os fios são colocados um a um na cabeça, garantindo que as raízes sejam totalmente preservadas e permitindo o crescimento posterior.

Foto: Tamara Bellis on Unsplash

Para que a cirurgia seja realizada, é necessária a aplicação de uma anestesia local e todo o procedimento pode durar em torno de cinco horas.

Vale ressaltar que o foco do transplante capilar não é alongar ou mesmo colocar cabelo na área desejada de uma hora para outra.

Essa cirurgia promove a transferência dos folículos, fazendo com que o cabelo volte a crescer.

Conclusão – Para finalizar, os tipos de mega hair são vários, bem como uma opção para dizer adeus aos cabelos curtos com um procedimento bastante simples.

Porém, se você já tem a calvície ou regiões sem cabelo no couro cabeludo, procure um profissional qualificado para avaliar e realizar a sua cirurgia de transplante capilar.

Notícias Relacionadas