Casal de idosos vence batalha contra o coronavírus

Um casal de idosos que estava internado há 11 dias com o novo coronavírus teve alta nesta sexta-feira (17) no Hospital Municipal Carlos Tortelly, em Niterói. Os aposentados Nazir Ferreira de Souza, de 83 anos, e Maria do Carmo de Souza, de 76, receberam aplausos de médicos e enfermeiros no momento em que deixavam a unidade, recuperados da doença.

O casal, morador do bairro do Caramujo, na Zona Norte de Niterói, deu entrada no hospital no último dia 6 com suspeita clínica de Covid-19. Maria do Carmo de Souza chegou a ficar por uns dias no Centro de Terapia Intensiva, mas ambos se restabeleceram e hoje voltaram para casa.

“Não sei como agradecer a todos os cuidados de médicos e enfermeiros, que trabalharam dia e noite, com atenção especial não só para mim, mas todos os pacientes. Até comida na boca eu recebi. Muito obrigado por tudo”, afirmou a idosa.

Ao lado dela, o marido Nazir Ferreira de Souza falou do cuidado das equipes do hospital não só com ele, mas também com a sua esposa, com quem vive há mais de 50 anos.

“Hoje é só felicidade e vitória. Estou muito satisfeito de voltar para casa ao lado da minha esposa. Eu não tenho palavras sobre a equipe do hospital. Eles são indispensáveis”.

O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, disse estar muito feliz com a recuperação do casal e aproveitou para agradecer a equipe médica.

“Trabalhamos diariamente com muito empenho nas ações de combate à covid19. Neste momento de pandemia é muito gratificante ver casos de recuperação, como desses pacientes, que estavam internados no HMCT. Aproveito para parabenizar e agradecer todos os profissionais de saúde que estão na linha de frente em nossas unidades”, falou Rodrigo.

O diretor-geral do Carlos Tortelly, Ubiratan Moreira Ramos, disse que a recuperação do casal mostra que o coronavírus é um grande desafio, mas que Niterói tem quadros médicos capazes de enfrentar essa batalha.

“É muito satisfatório para nós vermos a recuperação de dois pacientes de idade, com comorbidades. Isso é só uma mostra que é uma batalha difícil, mas não é impossível vencer. A união, o profissionalismo, e o empenho de toda a equipe multidisciplinar do hospital foi e será essencial. Juntos vamos amenizar o sofrimento de todos moradores que precisarem de atendimento médico”, assegurou.

As médicas Clarice Almeida Moreira e Cristiane Ipiranga, que cuidaram do casal na Sala Verde da unidade, em ala dedicada exclusivamente ao tratamento de pacientes com suspeita de Covid-19, explicaram como foi o tratamento dado ao casal e comentaram com alegria a recuperação dos dois.

“A dona Maria do Carmo deu entrada no dia 6 de abril com quadro clínico, laboratorial e radiológico compatível com uma síndrome respiratória, um quadro clínico sugestivo de covid-19. A paciente permaneceu por um período na enfermaria e posteriormente ela foi transferida para a terapia intensiva, tratada com antibióticos, suporte de oxigênio e teve uma boa resolução do quadro. Ela voltou para a enfermaria e hoje está tendo alta. É muito satisfatório para nós ver uma paciente idosa e com comorbidade saído bem dessa infecção”, afirmou Clarice Almeida.

“O senhor Nazir chegou bem desidratado, bem astênico. Além das medidas de suporte, foi iniciado tratamento com antibiótico pensando mesmo na covid-19. Estamos dando alta para ele hoje, super estável e é uma satisfação muito grande de pegar um senhor de 81 anos e saber que ele saiu daqui completamente restabelecido”, afirmou Cristiane Ipiranga.

O filho do casal, Nilson Carlos Souza, de 54 anos, recebeu os pais na saída da unidade e fez questão de agradecer toda equipe médica.

“Durante esse período em que meus pais estiveram internados o hospital manteve contato permanente com a nossa família, dando toda assistência a eles. É gratificante saber que Niterói tem um hospital como uma equipe sempre disposta a ajudar os pacientes”.

Volta ao trabalho – Também nesta sexta-feira, a equipe do Hospital Municipal Carlos Tortelly recebeu o reforço do médico Alexandre Vergete, coordenador médico da unidade que ficou afastado por cerca de duas semanas após contrair o coronavírus. Ele foi recebido com aplausos pela equipe médica.

“Tive a grata surpresa hoje de ser recebido no meu retorno pós infecção por covid-19 pela equipe do hospital. A gente fica muito grato por esse tipo de coisa. Passei bem, tive poucos sintomas e nenhum momento houve risco de internação, mas sempre ficamos com a preocupação de poder piorar a qualquer momento. É muito difícil ficar em casa sabendo que o hospital precisa de todos os seus profissionais em um momento como esse. Fiquei acompanhando de longe e hoje estou de volta para ajudar o time a vencer essa batalha”.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.