Caso Giorno: Denúncias podem ajudar a polícia

Errejota Notícias

Errejota Notícias

A Divisão de Homicídio segue em busca de imagens e depoimentos que possam ajudar na identificação do autor da morte de Robson Giorno, empresário e jornalista de Maricá. Além disso, o Disque Denúncia pode ter papel fundamental no auxílio das investigações.

Desde o sábado (25), quatro denúncias anônimas foram repassadas a Polícia Civil. Essas informações já estão sendo verificadas e podem levar a prisão do suspeito. A Polícia Civil pede a população que, caso tenha informações sobre o caso, ligue para o Disque Denúncia (2253-1177).

Crime – O jornalista e empresário Robson Giorno, de 45 anos, foi assassinado na noite de sábado (25) na porta de casa, na Av. Ivan Mundin, no Boqueirão, em Maricá. As primeiras informações dão conta de que integrantes de um veículo teriam efetuado os disparos contra o jornalista.

Sepultamento – O empresário Robson Giorno, de 45 anos, foi enterrado na tarde de segunda-feira (27), no Cemitério do Caju, na Zona Portuária do Rio. Inicialmente o sepultamento ocorreria em Maricá, mas por decisão familiar foi realizado no Rio. A cerimônia foi restrita a familiares e amigos do empresário e jornalista. Giorno era casado e deixou dois filhos.

Notícias Relacionadas