Caso Ismael: Disque Denúncia recebeu informações sobre morte

Foto: Divulgação / ASCOM Câmara de Maricá

Cinco denúncias com informações acerca dos assassinatos do vereador de Maricá Ismael Breve de Marins (DEM) e seu filho, Thiago André de Marins, já foram feitas ao Disque Denúncia.

Para não comprometer as investigações, o Disque Denúncia não informa o que é passado. No dia do assassinato, que aconteceu no dia 22 de agosto, o delegado Leonan Calderaro descartou a hipótese de latrocínio, roubo seguido de morte.

“A casa não tinha sinais de crime contra o patrimônio, não foi revirada. Haviam objetos de valor e nada foi levado. Tudo isso indica que foi execução”, comentou Leonan.

O delegado também acredita que Thiago tenha sido o alvo dos criminosos. “Há um indicativo que o objetivo dos criminosos era o Thiago. O modo como a ação foi praticada também indica que os bandidos conheciam a casa. Eles arrombaram a porta da cozinha e em seguida foram no quarto onde Thiago estava dormindo”, falou.

Quem tiver qualquer informação que levem a identificação dos envolvidos deve denunciar pelos seguintes canais: WhatsApp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo Facebook: https://www.facebook.com/procurados.org/, pela mesa de atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177 ou pelo 0300-253-1177, ou pelo aplicativo para celular.

Notícias Relacionadas