spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #72

spot_img
spot_imgspot_img

Centro e Zona Sul de Niterói têm nova ação de retirada de pessoas em situação de rua

spot_imgspot_img

Mais lidas

Novamente, equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Criativa foram às ruas de Niterói em ação de abordagem com as pessoas em situação de rua. Nesta terça-feira, 16, os técnicos percorreram as ruas do Centro, Icaraí e São Francisco, na Zona Sul, visando convencer os sem-teto a irem para os abrigos municipais.

A ação foi na Praia das Flechas, Praça Cesar Tinoco (ambas no Ingá), esquina da Rua Fróes da Cruz com a Avenida Visconde do Rio Branco, Praça Renascença, Rua Marechal Deodoro, Praça das Águas, Praça da República, Praça São João, Praça JK e Praça do Rink, todas no Centro. Além das ruas Otávio Kelly (Icaraí), Paulo Alves (Ingá), Gavião Peixoto, na frente do antigo Cinema Icaraí; na saída do túnel de São Francisco, em direção à Icaraí e na frente da Caixa Econômica Federal de São Francisco.

As abordagens são feitas com assistentes sociais e técnicos, que vão nas regiões de maior concentração de pessoas em situação de rua. Segundo a prefeitura, esse é um trabalho diário e em conjunto com as equipes da Assistência Social e da Saúde, SAMU, Secretaria de Conservação, CLIN e SEOP.

Assistentes sociais buscam convencer pessoas em situação de rua a irem para abrigos e garis fazem limpeza do local

As equipes trabalham todos os dias na construção de vínculos com a população atendida na sensibilização, convencimento e aceitação aos serviços socioassistenciais oferecidos.

Ainda assim, há resistência por parte de alguns sem-teto em ir para algum abrigo municipal, preferindo ficar na rua, onde teriam mais liberdade, segundo eles. No Centro, é possível encontrar pessoas em situação de rua na esquina da Rua Dr. Borman com a Rua José Clemente, em toda a extensão da Avenida Ernani do Amaral Peixoto e na Praça Araribóia, em frente ao Pop Mail.

Entulho usado por pessoas em situação de rua é retirado por garis

Niterói hoje possui uma rede de atendimento que conta com o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), dez Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), dois Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e cinco unidades de acolhimento (abrigos).

Técnicos da prefeitura percorreram várias ruas do Centro e Zona Sul

As equipes especializadas podem ser acionadas pelos números (21) 97197–9366 (diurno) ou (21) 97287-3643 (noturno).

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img