Rio de Janeiro,

quinta-feira, agosto 11, 2022
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #51

Chapa Rodrigo Neves – Felipe Santa Cruz é oficializada em convenção do PDT

Mais lidas

Diante de um plenário lotado em um clube na Tijuca, o PDT confirmou que Rodrigo Neves será o candidato do partido na disputa ao Governo do Estado do Rio de Janeiro. A união com Felipe Santa Cruz (PSD) foi aprovada pelos membros pedetistas por unanimidade e aclamação.

“A decisão do Paes mudou a eleição, que estava caminhando para um jogo de cartas marcadas. Essa é a união do estado do Rio com o estado da Guanabara. Essa é a ponte da vitória e da reconstrução do estado do Rio. Felipe Santa Cruz não vai ser um vice decorativo. Vamos dividir as angústias do estado do Rio. Essa será uma gestão a quatro mãos”, discursou Rodrigo.

Felipe era pré-candidato ao Palácio Guanabara e abriu mão da disputa para compor a chapa com Rodrigo. “Escolhemos um sujeito que não esmorece, que não sabe o que é desistir. Ele é apaixonado pela família, pelo estado, pelas pessoas. O brilho dos olhos do rodrigo mostra a certeza do compromisso que ele carrega. Um homem que tem essa paixão, força, sabe o que tem que fazer”, disse.

“Eu preciso dizer pra alguém aqui que a vida no rio está difícil? Não vamos votar no Cláudio Castro porque não dá pra continuar. Essa eleição vai mudar o destino da vida do nosso povo”, completou Santa Cruz.

Presidente estadual do PSD, o prefeito Eduardo Paes comentou a aliança e a posição na chapa. “Nós estamos oferecendo a joia da nossa coroa como vice-governador. Quem se surpreendeu com o anuncio é porque não prestou atenção no que estávamos falando desde o início do ano”, afirmou.

“A candidatura do Rodrigo, na nossa opinião, reune aquilo que é fundamental na politica: a oportunidade maior e a certeza de que temos no nome dele a pessoa que reune as melhores e maiores qualidades para resolver os problemas do Rio”, acredita Paes.

Sucessor de Rodrigo na Prefeitura de Niterói, Axel Grael (PDT) ressaltou a união de quadros das duas principais cidades do estado. “Hoje é um dia histórico, de união entre quem quer mudar a historia do Rio de Janeiro. Estamos confiantes no sucesso e na vitória. Essa parceria dos dois lados da baia de Guanabara. Estamos trazendo o interior e Região Metropolitana para participar desse projeto”, pontuou.

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) participou da convenção e lembrou que os futuros chefes dos Executivos federal e estadual precisam estar alinhados para a recuperação do estado.

“É muito importante que a gente entenda o que tá acontecendo no Brasil. O RJ é um espelho disso. O estado tinha uma poderosa industria naval que foi destruída. Tinha o serviço financeiro, que foi pra SP. Era o epicentro do petróleo e gas, mas o Comperj está destruído”, disse.

Ciro citou do passado político recente do estado. “O Palácio das Laranjeiras virou uma antessala de uma cela da cadeia. Cinco ex-governadores presos e um cassado roubando da saúde. Não há saída para o Rio com o modelo econômico atual do país, se a governança do brasil prestigia os maus políticos”, lembrou.

“Quero dividir com o Rodrigo uma tarefa de recuperar o estado. Niterói é a prova que o Rodrigo sabe trabalhar. O rio tem uma oportunidade de ouro de dizer a si mesmo que vale a pena ser descente. Rodrigo e Felipe são limpos, honrados, descentes. Rio de Janeiro: de pé, a mudança chegou!”, concluiu Ciro.

spot_img
spot_img

Últimas noticias