CISP de Niterói já atendeu mais de 90 mil chamadas de segurança e saúde

Foto: Berg Silva

O Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) da Prefeitura de Niterói atingiu a marca de 90 mil chamadas através do número 153, que passou a ser uma ferramenta de apoio não só para as forças de Segurança, mas também para a população, no atendimento das mais variadas demandas. São cerca de 3.600 chamadas por mês, uma média de 120 por dia, que são direcionadas por guardas municipais para os órgãos responsáveis. O Centro foi inaugurado em 2015.

Desde o início da pandemia do coronavírus, os agentes que atuam no Cisp passaram também a auxiliar e orientar a população com relação sobre os pontos de atendimento de saúde e também sobre os programas sociais e econômicos desenvolvidos pela Prefeitura de Niterói para mitigar os efeitos da pandemia.

Em visita ao Cisp nesta sexta-feira (13), o prefeito Rodrigo Neves lembrou que Niterói apresenta os melhores indicadores de segurança pública dos últimos 20 anos. Ele destacou que já nos primeiros dias de novembro houve uma redução de seis para apenas uma ocorrência de letalidade violenta em relação ao mesmo período do ano passado. O indicador roubo de rua teve uma queda de 51,81% e uma redução significativa de mais de 50% no roubo de veículo nesses primeiros dias de novembro, em comparação com o mesmo período de 2019.

“Desde sua inauguração, em 2015, o Centro de Segurança Pública (Cisp) tem sido uma das principais ferramentas das forças de segurança no combate à criminalidade em Niterói. Graças às câmeras e ao trabalho intenso e diário dos agentes de segurança, muitos crimes estão sendo elucidados em ações imediatas orientadas pelos guardas municipais que atuam no Cisp. Niterói é o município da Região Metropolitana mais monitorado. É uma cidade que trabalha de forma integrada e usa a tecnologia para o combate à violência”, afirmou o prefeito.

O sistema do Centro Integrado de Segurança Pública é composto por guardas municipais treinados, além de policiais militares e integrantes do programa Niterói Presente. Toda vez que algo suspeito é identificado ou as câmeras visualizam qualquer tipo de ocorrência, os agentes acionam a força de segurança mais próxima do local. O equipamento integra todas as forças de segurança estaduais, federais e municipais, além do Corpo de Bombeiros, NitTrans e Defesa Civil.

Atualmente o Cisp opera com 522 câmeras monitorando a cidade 24 horas. Além disso, existem ainda 10 portais de segurança, com leitores automáticos capazes de verificar as placas de veículos em situação irregular nas entradas e saídas da cidade. O Cisp conta ainda com 70 câmeras inteligentes capazes de identificar veículos roubados na mesma hora possibilitando uma ação mais rápida por parte das forças de segurança. As imagens captadas ficam armazenadas em um banco de dados e podem ser requisitadas pelas polícias Civil e Federal para facilitarem as investigações.

Notícias Relacionadas