Coronavírus: primeiro caso no Brasil é confirmado em SP

Paciente está isolado no Hospital Israelita Albert Einstein. | Foto: Divulgação

Um homem de 61 anos, vindo recentemente da Itália, é o primeiro brasileiro infectado pelo novo coronavírus (Covid-19). O caso foi confirmado pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, nesta quarta-feira (26).

O paciente está internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e esteve na região da Lombardia, no norte da Itália, entre os dias 9 e 21 de fevereiro. Ao retornar ao Brasil, o paciente apresentou os sinais e sintomas compatíveis com a doença (febre, tosse seca, dor de garganta e coriza).

Na última segunda (24), ele foi foi submetido a exames clínicos que apontaram a suspeita de infecção pelo vírus. Com resultados preliminares realizados pela unidade de saúde e de acordo com o Plano de Contingência Nacional, o hospital enviou a amostra para o laboratório de referência nacional, Instituto Adolfo Lutz, para contraprova.

Para o ministro da Saúde, esse caso vai servir de “laboratório”. “Agora é que vamos ver como este vírus vai se comportar em um país tropical, durante o verão”, afirmou Mandetta.

Em nota, o hospital afirma que o paciente encontra-se em bom estado clínico e sem necessidade de internação, permanecendo em isolamento respiratório domiciliar pelos próximos 14 dias. “A equipe médica segue monitorando-o ativamente, assim como as pessoas que tiveram contato próximo com ele”, informou o Albert Einstein.

Na última sexta-feira (21), as autoridades italianas notificaram nove óbitos, o que levou o governo brasileiro a incluir a Itália entre os países onde a doença está se espalhando e há risco de infecção.

De acordo com o Ministério da Saúde, no mundo, já foram registrados mais de 80,2 mil casos do coronavírus em 34 países. Foram registradas 2,7 mil mortes causadas pela doença, sendo que os casos mais graves são aqueles que afetam pessoas com mais de 60 anos.

*com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas