Covid-19: ‘Situação do Estado não é tranquila’, afirma governador Cláudio Castro

Governador

O Governador em exercício, Cláudio Castro, afirmou na tarde desta terça-feira (24), que o Estado do Rio apertará as medidas de segurança epidemiológica, devido ao aumento sensível dos casos. Castro foi firme ao falar que as aglomerações causadas por eventos em sequência e pela eleição, atrapalharam o controle da doença.

Em pronunciamento, o governador falou que Comitê da Covid está avaliando se este aumento está relacionado com uma suposta 2ª onda de casos.

De acordo com o governador, nos próximos 15 dias serão feitas avaliações diárias dos indicadores. Ele ressaltou que esteve reunido com empresários e prefeitos, para que uma ação conjunta de reforça nas medidas de higiene sejam implantadas e que sejam evitadas as aglomerações.

“A situação no Rio não é tranquila. Já conversamos com representantes de bares, restaurantes, shoppings e todos ajudarão neste reforço das medidas de proteção. Vamos conversar com os prefeitos também para que haja uma fiscalização mais rígida em relação aos protocolos”, falou.

Mais leitos

O governador também falou que o novo conjunto de protocolos contempla a abertura de 214 leitos e a suspensão de cirurgias eletivas a partir do dia 7 de dezembro. Castro também citou que em 48 horas serão abertos postos de diagnósticos precoce e testagem em massa com exames de PCR e imagem.

Notícias Relacionadas