Rio de Janeiro,

terça-feira, setembro 28, 2021
spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #40

Criador do Renda Básica, Suplicy acompanha uso da Moeda Mumbuca no comércio de Maricá

Mais lidas

O ex-senador e atual vereador Eduardo Suplicy (PT-SP), criador da iniciativa da Renda Básica da Cidadania, percorreu nesta sexta-feira (13) o comércio do Centro de Maricá para ver de perto o uso da moeda social Mumbuca nos estabelecimentos da cidade.

Na noite de quinta-feira (12), Suplicy participou de uma live da 3ª edição do ciclo de debates “A Revolução Social de Maricá”.

Esta foi a primeira viagem que ele fez após o início da pandemia da Covid-19. Nem no interior de São Paulo tinha ido. Agora, após as duas doses, o parlamentar começou a viajar.

Acompanhado do vice-prefeito Diego Zeidan, o parlamentar conversou com proprietários dos estabelecimentos sobre o quanto a moeda contribui no faturamento.

O programa de Renda Básica da Cidadania (RBC) atende atualmente cerca de 40 mil moradores do município, que tem creditado mensalmente 170 Mumbucas (equivalente a R$ 170) em sua conta no Banco Mumbuca. A moeda social pode ser utilizada em mercados, farmácia, lojas de material de construção, lanchonetes, restaurantes.

“É impressionante como praticamente todo mundo aceita. Alguns com quem conversei me disseram que até 10% das vendas provêm da moeda social, que é uma iniciativa pioneira e confortante. O interesse de meios de comunicação do todo o mundo atesta que ela é um grande sucesso, e recomendo que o governo federal venha conhecer e se inspirar”, ressaltou o vereador, revelando que vai falar da experiência de Maricá em sua participação no 22º congresso internacional da Basic Income Earth Network, que acontece online na próxima semana na Escócia.

Quando era senador em 2004, Eduardo Suplicy foi o criador da iniciativa da Renda Básica da Cidadania. Apesar de a lei ter sido sancionada quando Luiz Inácio Lula da Silva era o presidente, Maricá é o único município do país que aplica o programa de forma integral desde 2013. Para Diego Zeidan, essa nova visita de Suplicy reafirma o destaque nacional do município no setor.

“Maricá se coloca cada vez mais como referência no campo da renda básica, e a presença dos eu idealizador aqui só reforça essa certeza”, afirmou o vice-prefeito, ressaltando que a pandemia do novo coronavírus impediu a realização de novos cadastros para a população. “Sabemos que há uma demanda de muita gente que quer se inscrever. No início do próximo ano deveremos abrir novas inscrições, por isso é bom que as pessoas procurem o CRAS mais próximo para atualizar seu CadÚnico”, concluiu.

spot_img
spot_img

Últimas noticias