Cristiano Ronaldo perde pênalti, mas Portugal avança para próxima fase

Foto: Reprodução / (@fifaworldcup_pt)

Foto: Reprodução / (@fifaworldcup_pt)

Foi mais difícil que o esperado. Portugal e Irã fizeram um jogo daqueles de deixar qualquer torcedor com os nervos à flor da pele. Precisando vencer para não depender de nenhum outro resultado, o Irã começou o jogo nervoso, vendo a seleção portuguesa dominar as ações pelos lados do campo com Quaresma e Cristiano Ronaldo. Mas, como se viu nesse mundial, o Irã se defendeu muito bem e logo o nervosismo inicial foi embora, pressionando o gol de Rui Patrício. Até que, no final do primeiro tempo, Quaresma invadiu a área, acertando o seu temido chute de trivela, anotando um golaço e colocando os gajos na frente.

No segundo tempo, a seleção de Carlos Queiroz voltou ainda mais nervosa do que no primeiro tempo, deixando muitos espaços para Portugal criar e, aos 5 minutos, com a ajuda do VAR (árbitro de vídeo), Portugal teve um pênalti a seu favor. CR7 teve a chance de se igualar a Harry Kane, com 5 gols, na artilharia da Copa, porém o goleiro Beiravand foi perfeito e impediu o feito do craque português.

Portugal sentiu o pênalti perdido e o Irã aproveitou o momento, indo pra cima com tudo. Nos acréscimos, o árbitro assinalou pênalti a favor dos iranianos. Diferente do astro do Real Madrid, Karim Ansarifard não desperdiçou, dando uma sobrevida ao Irã, que mesmo com muita luta não conseguiu a virada e se despede do Mundial com campanha pra lá de surpreendente. Já a seleção portuguesa vai medir forças contra o Uruguai, que venceu a seleção Russa na última rodada do grupo A por 3×0.

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.