spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #72

spot_img
spot_imgspot_img

Curso quer capacitar e potencializar vendas dos oleiros de Itaboraí

spot_imgspot_img

Mais lidas

Os oleiros fazem parte da história da cidade de Itaboraí. No entanto, a produção de artesanato de barro vem sendo atingida pela crise econômica, principalmente, com o prolongamento da pandemia. Em tempos de comércio online, as barracas na estrada já não garantem facilmente o sustento da atividade. Agora, os artesãos terão oportunidade de aprimorar a divulgação da produção nas redes sociais em busca de melhorar as vendas e a renda da família.

Produção de vídeos, fotografias, técnicas para redes sociais e de estratégia de publicidade são os temas das oficinas gratuitas que se iniciam em fevereiro. A iniciativa, batizada de “Moldando o Futuro”, é da Organização Não-Governamental (ONG) Criar Brasil e do Laboratório de Investigação em Comunicação Comunitária e Publicidade Social (Laccops) da Universidade Federal Fluminense (UFF), e conta com o apoio da Enel Distribuição Rio, através do programa Luz Solidária.

As oficinas, em função da pandemia, serão online. E os participantes ainda vão receber gratuitamente pacote de dados de internet para viabilizar o acompanhamento das aulas. Professores com bastante experiência e vontade de trocar conhecimento estão no projeto. A prioridade é para quem trabalha nas olarias e seus familiares. A ideia é que a juventude possa ajudar na divulgação dos produtos, valorizando a atividade econômica dos seus parentes e ampliando a renda familiar. Por isso, também haverá algumas vagas para estudantes e interessados no ofício.

Uma boa foto, um belo perfil no Instagram e no Facebook ou um site de fácil acesso têm seu valor e podem fazer a diferença.

As inscrições estão abertas. Basta fazer contato pelo WhatsApp: (21) 98863 2512 (Bia).

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img