Denúncia leva ao resgate de 33 animais em canil clandestino em Maricá

maus tratos animais

Cerca de 33 cães das raças shit- tzu, bulldog francês e fila foram resgatados na tarde desta terça-feira (8), pela Coordenadoria de Proteção Animal de Maricá. O animas eram vítimas de maus-tratos em um canil clandestino, localizado em  Itaocaia Valley, no distrito de Itaipuaçu, em Maricá. O responsável pelo local foi preso e autuado por maus-tratos, um cão foi encontrado morto no local.

A Polícia Civil chegou ao local após receber denúncias anônimas de que um canil clandestino abrigava diversos cães em situação precária. Vizinhos do local relataram que os animais choravam muito.

Equipes da Coordenadoria de Proteção Animal, da Guarda Municipal e da Polícia Militar, também foram acionadas para verificarem o caso e constataram que os animais viviam em condições insalubres. Ao chegarem no local, foi constatado que os animais eram mantidos em lugares extremamente pequenos, em meio a fezes e urina.  O proprietário não tinha nenhuma licença para atuar. A Polícia Civil realizou perícia no local e investigará o caso.

O proprietário do local foi preso e encaminhado para Delegacia de Maricá (82ª DP). O homem responderá pelo crime de maus-tratos aos animais quando se tratar de cão ou gato e com pena  de reclusão, dois a cinco anos, multa e proibição da guarda.

Os animais foram recolhidos estão sob a guarda da Coordenadoria de Proteção Animal. Os animais serão vacinados e passarão por avaliações clínicas e físicas para em breve serem castrados e colocados para adoção responsável.

Notícias Relacionadas