Waldeck entrega relatório ao Tribunal Misto sobre impeachment de Witzel

Foto: Divulgação

O deputado estadual Waldeck Carneiro (PT), relator do processo de impeachment de governo afastado Wilson Witzel (PSC), entregou, nesta quinta-feira (29/10), um relatório de 150 páginas sobre a análise da denúncia contra Witzel ao Tribunal Especial Misto.

A defesa do governador foi analisada por Waldeck antes de fechar o documento. Ele ainda afirmou que só irá revelar seu voto durante o julgamento do caso que ocorrerá durante sessão no dia 05 de novembro no TJRJ.

“Li e considerei tudo o que tem a ver com o processo de impeachment, mas o relatório é, como o nome diz, um relato dos fatos. Ainda não é um juízo ou posicionamento do relator”, disse.

O Tribunal Especial Misto é composto por cinco deputados estaduais e cinco desembargadores. A instauração ou não do processo de impeachment pode ser por decisão maioria simples (seis votos).

O presidente do TJ-RJ e do Tribunal Misto, Claudio de Mello Tavares, só vota em caso de empate. Na hipótese de se decidir pela não instauração, o processo será arquivado.

Witzel entregou sua defesa no dia 19 de outubro. Ele afirma que o histórico recente de corrupção no Estado do Rio de Janeiro teria contribuído para que os fatos objetos do processo ensejassem conclusões precipitadas sobre a sua suposta culpa.

O documento aborda que todas as provas colhidas relativas às alegadas fraudes no sistema de saúde convergiriam exclusivamente para a responsabilização do ex-subsecretário estadual de Saúde, Grabriell Neves, e de Edmar Santos, ex-secretário de Saúde.

Notícias Relacionadas