Detran.RJ retoma agendamentos para emissão de RG em casos emergenciais

Foto: Divulgação / Detran.RJ

Foram retomados nesta segunda (18) os agendamentos para emissão em casos emergenciais da carteira de identidade. O atendimento acontecerá apenas na sede do Detran.RJ, no Centro do Rio. O agendamento deve ser feito através do site ou do teleatendimento do órgão.

“Retomamos os agendamentos oferecendo o dobro de vagas à população. Agora, além do teleatendimento, o usuário também pode agendar o serviço pelo site. Não vamos medir esforços para acelerar a emissão do RG para as pessoas que precisam requerer benefícios com urgência. Mas a gente também pede solidariedade de todos. Não ocupe a vaga de quem perdeu seus rendimentos abruptamente. Só agende em casos emergenciais”, comentou Marcello Braga Maia, presidente do Detran.RJ.

Devido à grande procura, o agendamento precisou ser suspenso temporariamente na semana passada para que as pessoas que já haviam entrado em contato com o teleatendimento pudessem ser atendidas com mais rapidez. Para isso, o número de atendimentos na sede do órgão dobrou, passando para 400 por dia.

Assim, o Detran.RJ acelerou a emissão do documento para profissionais que exercem atividades essenciais e pessoas que precisam requerer benefícios, como o auxílio emergencial, FGTS, seguro desemprego e remédios gratuitos. O atendimento segue as orientações das autoridades de saúde para evitar a propagação do novo coronavírus. O Detran reforça ainda que cada pessoa deve entrar na unidade usando máscaras no rosto, que cubram nariz e boca. Não há necessidade de retirar a máscara para se comunicar com o funcionário.

As vagas serão disponibilizadas por dia, ou seja, quando todas as vagas para um determinado dia forem preenchidas, um novo formulário de agendamento no site só será disponibilizado no dia útil seguinte.

Como agendar – O agendamento pode ser realizado por telefone ou pelo site do departamento www.detran.rj.gov.br , bastando clicar em identificação civil > agendamento > carteira de identidade civil e realizar o cadastro para o agendamento.

Os números do teleatendimento são 3460-4040 ou 3460-4041 (para a Região Metropolitana) e 0800-020-4040 ou 0800-020-4041 (para o interior). As ligações podem ser feitas de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Documentos necessários – Para obter a segunda via de identidade é necessário apresentar a original da Certidão de Nascimento ou Casamento, comprovante de residência e DUDA pago (obter o documento no site do Detran http://detran.rj.gov.br/_documento.asp?cod=160 R$ 40,09). Aqueles que tiveram o documento roubado ou furtado não precisam pagar o DUDA, mas devem apresentar o Boletim de Ocorrência devidamente assinado pelo delegado.

Sobre Habilitação – No momento, devido ao plano de contingenciamento, o Detran.RJ está emitindo apenas a segunda via da CNH e troca da Permissão Para dirigir (PPD) pelo documento definitivo. O serviço é destinado a profissionais que trabalham nos serviços essenciais e motoristas que exercem atividade remunerada. O atendimento é realizado na sede do Detran, sempre com agendamento prévio apenas pelo teleatendimento. O documento é entregue no mesmo dia ou no primeiro dia útil após o atendimento.

Ressaltamos que, de acordo com a Deliberação 185 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), os condutores podem dirigir com a carteira de habilitação ou a Permissão Para Dirigir (PPD) vencidas a partir de 19 de fevereiro último. Eles não serão penalizados, caso sejam flagrados em fiscalizações. Por isso, reforçamos: para não ocupar a vaga de quem realmente precisa, o Detran orienta a população a procurar o serviço apenas se for de extrema necessidade.

Para obter a segunda via da carteira de habilitação, o usuário deve apresentar um documento de identificação, comprovante de residência e o DUDA pago (obter o documento no site do Detran http://www.detran.rj.gov.br/_documento.asp?cod=149 valor R$ 150,34). Aqueles que tiveram o documento roubado ou furtado não precisam pagar o DUDA, mas devem apresentar o Boletim de Ocorrência devidamente assinado pelo delegado.

Notícias Relacionadas