spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #72

spot_img
spot_imgspot_img

Dia dos Professores é comemorado nesse domingo (15/10)

spot_imgspot_img

Mais lidas

Neste domingo, 15/10, é comemorado o Dia dos Professores e para celebrar a data a equipe do Errejota Notícias conversou o professor Diego Ramos. Segunda geração de professores na família ele conta da paixão por lecionar e os desafios da profissão.

Clique aqui para seguir o Errejota Notícias pelo WhatsApp

“Sempre quis ser professor e isso vem de inspiração de casa, minha mãe é professora. Umas das primeiras memórias afetivas que eu tenho sou eu muito pequenininho, na creche ainda, e minha mãe dando aula”, explicou o niteroiense.

Diego contou que sua mãe fazia aulas muito lúdicas e encantadoras. “Eu tenho essa memória muito viva na minha mente o quanto eu olhava admirando aquele fazer e a possibilidade de transformar conhecimento em algo leve. Isso me inspirou a ser professor e ator também. Ter essa imagem de pessoas admiráveis pelo conhecimento que tinha e pelo dom de cativar. Eu sempre vi muito em casa os meus pais discutindo sobre escola, educação e processo de aprendizagem. Meu pai também trabalhou na escola, como gestor escolar”, contou.

Para conseguir realizar o sonho de lecionar, Diego fez faculdade e vestibular para vários cursos que eram de licenciatura, e escolheu a arquitetura pelas possibilidades vastas de dar aulas de várias coisas.

“Hoje sou professor de Teoria e História das Artes e Arquitetura, de História no Brasil e de Urbanismo. Todas elas têm uma conexão com essa perspectiva de transformar algo que é técnico em lúdico, artístico, afetivo, relacional. Ver a forma como minha mãe tratava os alunos dela, o que ela podia fazer para melhorar aqueles processos e a vida das pessoas me inspirou”, contou Diego.

Pai de dois filhos, a Athena e o Apolo, Diego já ve os mesmos traços em sua filha. “Sou segunda geração. Minha avó também trabalhou em escola, era merendeira. Minha filha Athena tem esse dom e ela ama ensinar. Agora com o irmãozinho de 10 meses ela ensina tudo e com as bonecas dela, ela põe em fila e conversa e ensina para eles”, finalizou.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img