Diferença no preço do combustível pode chegar a 18% em Maricá

Divulgação

Divulgação

O motorista que precisa abastecer o seu veículo precisar ter paciência na hora de escolher o posto de combustível. Quando o assunto se refere a gasolina, o percentual de diferença gira em torno de 7,7%, sendo o litro mais em conta no bairro de Itaipuaçu e o mais caro em Inoã. Já na questão do etanol, o percentual de diferença chega a 17,7%, onde o bairro com preço mais acessível é Inoã e o mais caro na Mumbuca.

Segundo levantamento realizado pelo Errejota Noticias, com dados do site da Agência Nacional do Petróleo (ANP) do período de 07 a 13 de abril, a gasolina mais barata está no bairro de Itaipuaçu, na Rua 1, por R$ 4,640. A mais cara está em Inoã e custa R$ 4,999, no KM 16 da RJ-106, uma diferença de R$ 0,359.

Neste estudo, há um indicador que pode ser levado em consideração pelos motoristas no bairro de Inoã, já que, uma distância de apenas dois quilômetros pode representar uma economia de R$ 0,30 por litro. No KM 16 o valor da gasolina é de R$ 4,999, e no KM 14 o custo é R$ 4,699. Se considerarmos um tanque de 50 litros, a economia pode chegar a R$ 15.

Quando o assunto é etanol, três bairros apresentam o valor mais caro – Centro, Barra e Mumbuca, onde o custo é de R$ 4,239. O valor mais em conta está em Inoã, por R$ 3,599. A diferença por litro é de R$ 0,64, e se levarmos em consideração o tanque de combustível de 50 litros a economia chega a R$ 32.

Notícias Relacionadas