spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #73

spot_img
spot_imgspot_img

Diversos pontos de Itaipuaçu sofrem com desabastecimento da Cedae

spot_imgspot_img

Mais lidas

Desde a manutenção no Sistema Imunana-Laranjal realizado na última sexta (29), diversos pontos de Itaipuaçu reclamam de irregularidade no abastecimento de água pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae). Há registro de, pelo menos, três bairros diferentes em que não entra água desde sexta (ou entrou irregularmente, em pontos isolados e sem pressão).

Um dos locais que sofreram com a falta de água é o Condomínio Residencial Carlos Marighella, o ‘Minha Casa, Minha Vida’ de Itaipuaçu. Segundo relatos, desde o dia da manutenção a localidade não é abastecida pela Cedae, só voltando a cair apenas no final da noite de segunda (01). Muitos moradores do local, considerados em vulnerabilidade social, não possuem recursos para comprar um caminhão pipa d’água.

Os moradores de São Bento da Lagoa também não estão sendo abastecidos com água. “Normalmente é fornecida no domingo, e até agora não recebi uma gota de água. Entrei em contato com o SAC e a tendente informou que reparo foi encerrado em 29/maio, o fornecimento está ‘normal’ e que seria enviada equipe ao local em até 5 dias para solução do problema”, disse Julio Cesar Oliveira. “Conclusão: possibilidade de não fornecimento de água por até 5 dias em Itaipuaçu”, lamentou. Para ele, o fornecimento só voltou no final da noite desta segunda (01).

No Jardim Atlântico Oeste, o fornecimento de água está irregular. Segundo moradores da Rua Oito, entrou água durante a madrugada do domingo (31) e na tarde desta segunda (01). No local, o “normal” é o fornecimento acontecer nas terças, sextas e domingo.

Perguntada se o abastecimento em Maricá está regular; se há um mapeamento de pontos da cidade dos pontos com irregularidade de abastecimento e quando o abastecimento do sistema Bananal, em Ponta Negra, seria iniciado, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) não respondeu.

Em nota, a Cedae informou que realizou reparo emergencial na Estação de Tratamento de Água do Laranjal e, como divulgado, o serviço afetou o abastecimento em parte do município de Maricá. “O reparo, divulgado na imprensa, foi concluído e o abastecimento está sendo normalizado”, diz o texto.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img