É campeão! Flamengo vence o Vasco nos pênaltis e conquista a Taça Rio

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Após empatar no tempo normal em 1 a 1, o Flamengo venceu o Vasco nos pênaltis por 3 a 1 e conquistou o título da Taça Rio. O gol do Rubro-Negro no tempo normal foi marcado por Arrascaeta. Nos pênaltis, além da falta de pontaria dos jogadores vascaínos, brilhou a estrela do goleiro César, que defendeu a cobrança de Tiago Reis.

No primeiro tempo o jogo ficou truncado. As equipes se respeitavam muito e não se lançavam ao ataque com grande ousadia. Entretanto, as melhores chance de gol foram do Flamengo, que entrou com o time reserva. Logo no primeiro minuto de jogo, Ronaldo apareceu livre pela direita e chutou cruzado. A primeira oportunidade do Vasco foi pouco depois. Marrony avançou em velocidade e fez boa jogada individual, mas acabou sendo travado pela defesa. Aos 12, Cáceres roubou a bola e avançou pela direita. O lateral invadiu a área, aproveitou o espaço e arriscou o chute, que explodiu na defesa e sobrou para Tiago Reis, que não conseguiu concluir. Aos 18, Castan foi ao ataque e tentou o cruzamento, a bola sobrou do outro lado para Cáceres, que arriscou o chute e mandou por cima.

Aos 30 minutos, Arrascaeta cobrou escanteio na cabeça de Thuler e o zagueiro quase marcou; Fernando Miguel só olhou. Aos 35 e aos 44, Vitinho teve duas boas chances de marcar; na primeira, bateu colocado e o goleiro do Vasco espalmou pra fora. Na segunda, soltou a bomba e a bola passou muito perto da trave esquerda de Fernando Miguel. Mas, entre elas, Danilo cruzou bonito para Tiago Reis, que ganhou no alto e cabeceou muito perto do gol. Nos acréscimos, mais um chute de Vitinho. Dessa vez, Fernando Miguel fez um milagre e colocou para escanteio. 

O jogo ficou mais animado na segunda etapa; ambos os times voltaram mais ligados e o jogo se desenvolveu com mais chances de gol. Tanto que, logo no início, saiu o primeiro gol da partida; aos 9, o Vasco chegou trocando passes e Marrony arriscou da entrada da área, a bola foi no cantinho e o Cesar mandou para escanteio. Danilo cobrou e Tiago Reis se antecipou para desviar: Vasco 1×0 Flamengo. Com a desvantagem e precisando vencer, o Flamengo seguiu com um bom ritmo no segundo tempo. Aos 14 minutos, Vitinho quase fez. Chutou de fora da área e Fernando Miguel defendeu. Aos 23 minutos, foi a vez de Arrascaeta tentar. O goleiro vascaíno pegou novamente, sem dar rebote.

Aos 26, o Vasco puxou bom contra-ataque com Bruno César, que lançou Marrony pela direita; o atacante tocou rasteiro para o meio da área, mas nenhum vascaíno conseguiu concluir. Aos 28 minutos, Vitor Gabriel tentou de cabeça após escanteio, mas mandou pra fora. Aos 38 minutos, após confusão na área do Vasco, Arrascaeta pegou o rebote e quase marcou. Aos 41, Thiago Galhardo fez bela jogada individual e quase ampliou para o Gigante da Colina.

Pelo volume de jogo, o Flamengo foi agraciado com um tento. Nos acréscimos, Arrascaeta empatou e marcou o gol 5.000 do Flamengo em Cariocas. Nos pênaltis, também deu o Rubro-Negro. Rossi e Werley jogaram suas cobranças para fora do gol, César defendeu a cobrança de Tiago Reis e o time da Gávea venceu a disputa por 3×1 – Fernando Miguel ainda pegou a cobrança de Rodinei.

Com o título, o Flamengo evitou que o Vasco conquistasse vaga direta na final do Campeonato Carioca e acabou ajudando o Fluminense a se garantir na semifinal do estadual. No próximo fim de semana, rubro-negros enfrentam os tricolores no sábado, às 19h, enquanto cruz-maltinos encaram o Bangu, às 16h de domingo, pela semifinal. Flamengo e Vasco têm vantagem do empate.

 

Notícias Relacionadas