É campeão! Flamengo vence o Vasco por 2 a 0 e conquista o título carioca

Foto: Ruy Machado

Foto: Ruy Machado

O Flamengo conquistou neste domingo, no Maracanã, o seu 35º título carioca ao vencer o Vasco por 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Willian Arão e Vitinho.

O Vasco chegou a primeira vez aos 2 minutos, quando Werley subiu mais que a defesa adversária e cabeceou por cima do gol. Aos 8, Marrony recebeu na entrada da área e finalizou de canhota, mandando por cima. Everton Ribeiro respondeu com dois bons chutes, aos seis (obrigando Fernando Miguel a intervir e evitar o gol) e aos 11, levando muito perigo à meta vascaína.

O gol não tardou a sair; aos 15 minutos, após cruzamento de Arrascaeta, no bico da grande área, Willian Arão subiu mais alto que todo mundo e cabeceou a bola para o fundo das redes: 1 a 0. A partir daí, o Vasco passou a ter o controle do jogo, apesar da demora em encontrar o caminho do gol. Uma boa chance só surgiu novamente aos 33, quando Pikachu recebeu na entrada da área e bateu colocado no cantinho, mas o zagueiro tirou em cima da linha. 

Um minuto depois, Lucas Santos gingou pra cima do marcador pela esquerda e cruzou. Lucas Mineiro recebeu livre na marca do pênalti, mas pegou mal na bola. Aos 38, Marrony recebeu pela direita e cruzou para Lucas Santos, que bateu bonito. A bola desviou no zagueiro e passou muito perto. Aos 44, Cáceres recebeu pela direita, a bola piscou na área e sobrou para Danilo, que se esticou todo, mas não alcançou a bola.

A segunda etapa começou com o Vasco na pressão. Marrony tentou logo no primeiro minuto, mas mandou pra fora. Aos 3, Pikachu chegou batendo, Maxi desviou de letra, mas o goleiro defendeu. Dois minutos depois, Maxi fez o pivô e tocou para Pikachu, que abriu em Raul. O volante arriscou de longe, mas mandou pra fora.  Aos 8, Yan Sasse toca em profundidade para Pikachu, que foi travado na hora.

O Flamengo só voltou a assustar aos 14. Gabigol marcou aquele que seria o segundo gol da partida. Seria; foi anulado pelo VAR, que apontou impedimento do atacante rubro-negro.

Aos 20, Bruno César avançou em velocidade pela esquerda e cruzou em Maxi López, que se antecipou e desviou para o gol, obrigando o goleiro a fase grande defesa. Aos 21, o camisa 10 tentou de falta, mas o goleiro fez nova defesa.

Aos 24 minutos, Gabigol recebeu bola em profundidade, chutou forte e a bola assustou Miguel. Aos 26, foi a vez de Diego arriscar, mas a bola foi no meio do gol.

O jogo ficou morno e só ganhou linhas mais emocionantes em um chute de Ribamar, bem defendido por Diego Alves, e aos 37, com Vitinho, que arrancou bonito e bateu na saída de Fernando Miguel: 2 a 0 e festa rubro-negra no Maracanã!

Notícias Relacionadas