spot_imgspot_img

Leia a nossa última edição #72

spot_img
spot_imgspot_img

Eduardo Paes, sobre show do Bruno Mars: “aqui não é a casa da mãe Joana”

spot_imgspot_img

Mais lidas

O prefeito do Rio Eduardo Paes publicou um vídeo, nesta quinta (09), falando sobre a situação do show do artista Bruno Mars, que não teria sido aprovado pelo município por questões de segurança. O chefe do Executivo carioca foi duro ao afirmar que os produtores do show não respeitaram o veto municipal.

O artista norte-americano tem um show previsto para o dia 04/10 na cidade, dois dias antes do primeiro turno das Eleições Municipais. Paes, na quarta (08), afirmou nas redes sociais que o município não liberaria a realização do evento. Devido à repercussão, o prefeito decidiu gravar um vídeo onde explicou o caso e fez duros apontamentos à produtora do show.

Paes iniciou o vídeo afirmando que a cidade tem vocação para receber grandes eventos e que diversos setores se beneficiam quando isso acontece, e que por isso estimula a realização – mas não nesse caso. “Agora, vocês vão me desculpar a expressão, mas aqui não é casa da mãe Joana, não é terra de ninguém”, disparou.

“O Rio tem ordem, tem governo, tem governantes e o principal: tem responsabilidade com a população. Quando eu comuniquei aos produtores do show do Bruno Mars que não poderíamos receber o show na data que foi apresentada, eu deixei claro que era por causa da eleição, quando o contingente de segurança está todo comprometido”, justificou o prefeito.

Eduardo Paes afirmou que os produtores “se acharam mais importantes que o povo do Rio ou não entenderam, mais importantes que os guardas, que os policiais e todos os servidores públicos que garantem o processo eleitoral e decidiram bater de frente com o poder público achando que a gente ia abaixar a cabeça e acatar uma decisão arbitrária e abusiva de ir contra uma determinação oficial”. Em seguida, completou com firmeza: “Aqui não vai rolar isso”.

“A prefeitura vai tomar todas as medidas necessárias, vai atuar junto aos órgãos de defesa do consumidor e também das autoridades judiciárias, inclusive eleitorais, para que os fãs que estão sendo vítimas dessa propaganda abusiva e enganosa não sejam prejudicados”, anunciou.

PRODUTORA SUSPENDE VENDA DE INGRESSOS – Com o primeiro dia de shows já esgotado, a produtora Live Nation anunciou a suspensão da venda de ingressos para o show no dia 05 de outubro.

“Trabalharemos em estreita colaboração com o gabinete do prefeito para encontrar uma solução para os fãs. Todas as informações de pré-venda e venda serão divulgadas em breve junto com atualizações sobre as datas do evento”, informa nota nas redes sociais.

VEJA O VÍDEO DE EDUARDO PAES NA ÍNTEGRA:

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Últimas notícias

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img