Empossados, novos conselheiros tutelares de Maricá atuarão em diversos pontos do município

Fotos: Elsson Campos / Divulgação PMM

Empossados na última sexta (10) em cerimônia realizada no plenário da 38° subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Maricá), os 10 conselheiros tutelares titulares terão atuação em toda a cidade. Com mandatos até 2024, eles devem atuar nos núcleos Centro, São José do Imbassaí e toda a Região Oceânica, Inoã e Itaipuaçu.

“É uma experiência nova. Embora eu já tenha experiência em atuação na clínica com criança e adolescente, quando se trata de violação de direitos, abrange vários tipos de violação, e não só a psicológica. É uma emoção grande, é um desafio muito importante para a sociedade de Maricá”, explicou Priscila Gramosa, empossada como conselheira tutelar.

Alan Christi, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDMCA), 7.300 eleitores participaram do processo de votação para escolha dos conselheiros. Foram, ao todo, 59 candidatos aos postos. “A quantidade de pessoas que passou por todo o processo demostrou o quanto ele foi importante e democrático. A expectativa é a melhor possível, queremos juntos fortalecer essas políticas públicas para um bom trabalho”, pontuou.

“Nós passamos por um processo de escolha longo, desde abril do ano de 2019. Temos o desafio, como um colegiado, de zelar pelos direitos das crianças e dos adolescentes do município. Fomos eleitos pela sociedade, que espera o retorno do investimento, e eu tenho certeza que estaremos empenhados nesse trabalho”, declarou Tatiana Toste, conselheira mais votada no último pleito.

“Para nós é uma honra muito grande dar posse aos conselheiros. A gente reafirma a boa política que fazemos aqui. Portanto, hoje damos mais um passo para mais crescimento”, disse o secretário de Assistência Social Jorge Castor.

Notícias Relacionadas