Entenda como será a vistoria do Detran nas ruas

Divulgação
Divulgação

A partir de abril o Detran passará a realizar vistorias nas ruas. As ações  seguirão um protocolo previamente definido para avaliar o estado do veículo. Sete itens serão vistoriados: pneus, lataria, vidros, películas, placas de identificação, farol, comandos de seta e vão aferir os gases poluentes.

As ações ocorrerão em período diurno. Ao todo quatro equipes estarão nas ruas do estado, duas na região metropolitana e duas no interior. De acordo com o presidente do Detran, Luís Carlos das Neves, as ações priorizam dar aos condutores um trânsito menos perigoso.

“Nossa intenção é fornecer muito mais que orientação. É fazer com que o condutor coloque seu veículo em condições para uso. Vamos retirar das ruas carros que estejam em mau estado”, disse Luís Carlos.

O motorista que passar por uma destas vistorias não está livre de ser parado novamente.

“Os condutores receberam um protocolo, mas isso não impossibilita que eles voltem a ser vistoriados. Pode ser que em uma nova vistoria o veículo apresente um problema, isso precisa ser resolvido”, falou.

Há também os casos mais simples. Se durante uma vistoria for identificada alguma irregularidade, e se a falha puder ser resolvida no momento da fiscalização, o veículo será liberado tão logo o problema seja sanado. Se não puder ser resolvido, o veículo não será apreendido caso tenha segurança para circular. Nessa situação, o certificado de licenciamento anual (CRLV) será recolhido e o proprietário terá entre três e sete dias úteis para se apresentar ao Detran com o veículo regularizado.

Notícias Relacionadas