Equipe do Projeto Navegar participa de treinamento com o Remo do Botafogo

Divulgação
Divulgação

Professores do Projeto Navegar visitaram Sacopã na manhã desta segunda-feira e conheceram um pouco mais sobre a rotina dos nossos campeões. Treinador alvinegro e coordenador das atividades em Maricá, Cláudio Mello Tavares foi o responsável por guiar os passos na sede.

Após ter a parceria oficializada em 2018 e a realização da 1ª Regata em dezembro, Maricá deu mais um passo para entrar no mapa do remo. Na manhã desta segunda, os professores da cidade puderam sentir a energia da histórica sede botafoguense, acompanhar treinos na lancha e, por último, participar de uma aula no remo ergômetro. Xoxô, coordenador técnico alvinegro, festejou a visita e a evolução do projeto.

‘Foi ótimo o contato deles com a nossa sede, puderam ver de perto quais são os nossos métodos de ensino e também acompanharam a manutenção dos barcos. A Regata no fim do ano foi um sucesso, o público abraçou e nossa expectativa é de ter um polo forte de remo na cidade. Com a dedicação e trabalho desses profissionais, estamos caminhando para um grande projeto’.

Ao todo, oito professores, sete monitores e o coordenador pedagógico do projeto participaram da primeira etapa dessa capacitação.

Segundo o coordenador do projeto, Gilmar de Paula, na capacitação foram trabalhados os elementos de diferenciação de intensidade, empalamento e empunhadura, postura e circuito.

”Esses treinamentos são fundamentais para a organização pedagógica das aulas e permitem aprimorar os fundamentos técnicos que melhoram nosso rendimento em um ambiente fora do nosso local de trabalho”, declarou.

Ainda de acordo com o coordenador, serão realizadas mais duas capacitações: na próxima semana, na Lagoa do Boqueirão, com a professora técnica do Clube de Regatas do Flamengo e na última semana de janeiro, um treinamento de vela no projeto Grael, em Niterói, uma iniciativa da família de medalhistas olímpicos mais conhecida do país.

Uma das professoras do Navegar desde a implantação do projeto, a professora Adriana Castro, considerou essencial participar desse treinamento.

“É um grande suporte especializado que recebemos na modalidade que atendemos no projeto, reforçando e otimizando nosso aprendizado para oferecer melhor assistência aos nossos alunos”.

O secretário de Esporte e Lazer falou sobre a capacitação realizada.

“A realização do curso de capacitação para nossos professores é de extrema importância, pois nos dá a segurança de profissionais capacitados para atender aos requisitos e demandas que este esporte necessita, sem falar que devemos ter sempre um trabalho de excelência e qualidade”, explicou.

Projeto – Retomado em agosto de 2018, o projeto Navegar atende 100 alunos, com aulas gratuitas de remo, caiaque e vela, em horário de contra turno escolar, com turmas dispostas por idade, sendo de nove a 12 anos e de 13 a 17 anos. Os interessados em participar podem se inscrever no galpão náutico localizado na lagoa do Boqueirão ou na sede da secretaria de Esporte e lazer, situada na Avenida Roberto Silveira nº 46 / 3º andar, sala 301 e 302 (Prédio da Taco). É necessário apresentar RG do aluno, CPF do aluno, atestado médico para prática de atividades físicas e RG do responsável.

 

Notícias Relacionadas