Estado: cirurgias eletivas nos hospitais de urgência e emergência serão suspensas

Foto: REUTERS / Lindsey Wasson / Divulgação Agência Brasil

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou em nota nesta segunda (23), que voltará a suspender as cirurgias eletivas nos hospitais de urgência e emergência a partir de 07/12. A medida foi tomada por conta do aumento dos indicadores de saúde em relação ao Covid-19.

Serão mantidas, entretanto, todas as cirurgias eletivas de alta complexidade, como oncológica, bariátrica, vasculares, ortopédicas e neurológicas.

Também está prevista a mobilização e abertura de 214 leitos em diversas unidades na cidade do Rio de Janeiro. Os hospitais que terão vagas abertas são o Hospital Estadual Anchieta (25), Hospital Universitário Pedro Ernesto (45), Hospital São Francisco na Providência de Deus (60), Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (25), Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (13), Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fiocruz (36), e Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião (10).

A SES encerra a nota informando que as medidas tomadas visam à liberação do maior número de leitos para Covid-19, sem maior impacto para a saúde no estado.

Notícias Relacionadas