Estado flexibiliza retorno das escolas estaduais e particulares

Através das redes sociais do Governo do Estado, o governador Wilson Witzel, junto com o secretário de Educação, Pedro Fernandes, e a secretária Extraordinária do COVID, Flávia Barbosa, anunciou o retorno das escolas particulares e públicas estaduais.

De acordo com Pedro Fernandes, a rede particular retornará no próximo dia 14 de setembro com um terço de sua capacidade, ou seja, se a unidade escolar possuir 300 alunos, somente 100 estarão autorizados a frequentar às aulas presenciais.

Já as escolas públicas estaduais retornarão somente no dia 05 de outubro, também com um terço de sua capacidade.

”Por determinação da Saúde não há como todos voltarem ao mesmo tempo, por isso esperaremos alguns dias para o retorno das escolas públicas do estado. Vamos preservar os profissionais que são do grupo de risco, eles ficarão em casa fazendo o trabalho remoto”, contou o secretário.

Sobre o retorno, a secretária Extraordinária do COVID, disse que o cenário epidemiológico estadual é bastante favorável ao retorno seguro das escolas.

”Com a redução sustentada de casos e óbitos nos permite uma flexibilização gradual, com segurança e embasamento técnico para retorno das atividades escolares”, falou Flávia.

O Governador Wilson Witzel também frisou o cenário epidemiológico do Estado.

”Somos um ponto azul. É mais um avanço no controle da pandemia. A Flexibilização tem dados técnicos para que este avanço aconteça”, conclui Witzel.

Confira o trecho do decreto que fala do retorno das aulas

Art. 6° – FICAM SUSPENSAS, até o dia 13 de setembro de 2020, para todo o Estado, as aulas presenciais, sem prejuízo da manutenção do calendário recomendado pelo Ministério da Educação, nas unidades da rede pública e privada de ensino, inclusive nas unidades de ensino superior, conforme regulamentação por ato infra legal expedido
pelo Secretário de Estado de Educação;
§1º – A previsão de retomada das aulas presenciais, sem prejuízo da manutenção do calendário recomendado pelo Ministério da Educação, para as unidades da rede privada será no dia 14 de setembro de 2020 e na rede pública de ensino no dia 05 de outubro de 2020, inclusive nas unidades de ensino superior, nas regiões que permaneçam
em baixo risco (bandeira amarela) por um período não inferior a 02 (duas) semanas da data prevista para a respectiva retomada das atividades.
§2º – As deliberações específicas sobre o retorno das aulas presenciais, ficarão a cargo da Secretaria de Estado de Educação – SEEDUC e da Secretaria de Estado de Ciência Tecnologia e Inovação – SECTI que regulamentarão o assunto através de ato normativo próprio (Resolução).

Notícias Relacionadas

 

 

 

 

 

 

 

ID do anuncio invalido ou não publicado.