Estado registra queda em roubo de cargas

Os registros de roubo de carga no estado do Rio de Janeiro tiveram queda de 37% em janeiro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2020. Já em relação a dezembro de 2020, a redução foi de 21%. Se levarmos em consideração o último trimestre (novembro e dezembro de 2020 e janeiro de 2021), houve declínio de 32% em relação ao mesmo período dos anos anteriores.

Os roubos de cargas se mantêm em uma curva descendente desde 2018. É importante salientar que um estudo divulgado pelo ISP, em outubro, mostrou que a queda nos roubos de carga não tem correlação estatística com o isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus. Para elaborar o relatório, os analistas do Instituto cruzaram dados dos usuários do Google com os registros de ocorrência da Secretaria de Estado de Polícia Civil.

Em janeiro deste ano, as polícias Civil e Militar retiraram de circulação cerca de 20 armas de fogo por dia no estado, contabilizando um total de 619 armas apreendidas. Destas, 53 eram fuzis – esse foi o segundo maior valor para o mês de janeiro desde 2007.

Os crimes violentos letais intencionais (homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte) registraram aumento de 2% na comparação entre os meses de janeiro. Já o indicador homicídio doloso apresentou crescimento de 1% no mesmo período. As mortes por intervenção de agente do Estado tiveram redução de 4% no primeiro mês de 2021.

Principais indicadores:

* Homicídio doloso: 361 vítimas em janeiro – este foi o segundo valor para o mês desde 2013. Na comparação com janeiro do ano passado, o indicador registrou aumento de 1%.

* Crimes violentos letais intencionais (homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte): 376 vítimas em janeiro – esse número representa o segundo menor valor para o mês desde 2013. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou aumento de 2%.

* Roubo seguido de morte (latrocínio): 13 vítimas em janeiro – este foi o segundo menor valor para o mês desde 2016. Na comparação com janeiro do ano passado, o indicador apresentou cinco mortes a mais.

* Morte por intervenção de agente do Estado: 149 mortes em janeiro de 2021 – este é o menor valor para o mês desde 2018. Na comparação com janeiro do ano passado, o indicador apresentou queda de 4%.

* Roubo de carga: 363 casos em janeiro de 2021. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o indicador apresentou queda de 37%.

* Roubo de veículo: 2.332 ocorrências em janeiro. Na comparação com 2020, o indicador apresentou queda de 28%.

* Roubo de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo): 6.436 registros em janeiro. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o indicador apresentou queda de 33%.

 

 

Notícias Relacionadas