Ex-prefeito de Arraial do Cabo, Wanderson Cardoso de Brito, o Andinho, tem contas reprovadas na Câmara e fica inelegível

Na manhã desta quinta feira (03), ocorreu a sessão que votou as contas do ex prefeito de Arraial do Cabo, Wanderson Cardoso de Brito, mais conhecido como Andinho e do vereador Luciano Tequinho que foi eleito em setembro de 2016. Centenas de pessoas compareceram à câmara para acompanhar a votação e presenciaram a maioria dos vereadores seguindo a decisão do Tribunal de Contas que reprovou as contas da gestão passada.

Ayron Freixo, presidente da Casa Legislativa, conduziu a votação com ampla democracia. Após a leitura das atas e dos documentos do processo, Freixo deu voz ao ex prefeito Andinho, Luciano Tequinho e demais advogados para defesa oral, mas nenhum deles compareceu à câmara para prestar qualquer tipo de esclarecimento. Em seguida, a votação foi iniciada respeitando a ordem alfabética, seguindo o que determina o regimento interno.

Todos os vereadores, somando 7 votos reprovaram as contas, com exceção do vereador Ton Porto que se absteve do voto e de  Luciano Franco, o Beço, que deveria votar no lugar de Luciano Tequinho,mas não estava presente. O resultado deixa Andinho e Tequinho inelegíveis nas próximas eleições municipais.

Segundo Ayron, Tequinho ainda pode recorrer pedindo a separação de contas da gestão de Andinho.

Notícias Relacionadas